Barros Munhoz deixa o PSDB por discordar de Doria

Deputado estadual José Antônio Barros Munhoz (SP) anunciou sua saída do PSDB, partido ao qual esteve filiado por 15 anos, para se filiar ao PSB; Munhoz disse sair do partido tucano em apoio à candidatura vice-governador Márcio França (PSB) e por não concordar com a postulação do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), ao governo estadual; "Parto de coração aberto, sem mágoa e só com gratidão ao PSDB, mas não posso concordar com a candidatura de João Dória, que se comprometeu a ficar na Prefeitura os quatro anos. Ele não tem o direito de descumprir este compromisso", afirmou

Barros Munhoz deixa o PSDB por discordar de Doria
Barros Munhoz deixa o PSDB por discordar de Doria

São Paulo 247 - O deputado estadual José Antônio Barros Munhoz (SP) anunciou sua saída do PSDB, partido ao qual esteve filiado por 15 anos, para se filiar ao PSB. Em vídeo, Munhoz disse sair do partido tucano em apoio à candidatura vice-governador Márcio França, que na próxima semana assume o governo de São Paulo e que deve ser candidato à sucessão do governador Geraldo Alckmin (PSDB), e por não concordar com a postulação do prefeito de São Paulo, João Doria, ao governo estadual.

"Parto de coração aberto, sem mágoa e só com gratidão ao PSDB, mas não posso concordar com a candidatura de João Dória, que se comprometeu a ficar na Prefeitura os quatro anos. Ele não tem o direito de descumprir este compromisso. Parto para o PSB, meu novo partido, para apoiar Mário França, afirmou Munhoz.

Munhoz, que foi eleito deputado estadual em 2006, 2010 e 2014, também foi presidente da Assembleia Legislativa nos governos José Serra e Geraldo Alckmin. Ele deverá se candidatar à reeleição no pleito de outubro.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247