Belivaldo entrega sistema viário do aeroporto

O governador em exercício, Belivaldo Chagas, entregou nesta quarta (23) a primeira etapa do sistema viário do entorno do Aeroporto Santa Maria; o novo complexo viário interliga a região com a zona de expansão e integra um conjunto de obras de mobilidade cujo objetivo é desafogar o trânsito das avenidas Euclides Figueiredo, Heráclito Rollemberg e Tancredo Neves; com a obra, o deslocamento dos moradores dos bairros Aruana, Santa Maria, e dos conjuntos Augusto Franco, Santa Tereza e residencial Vila Verde será facilitado; “Estamos felizes em entregar esta obra idealizada pelo ex-governador Marcelo Déda e concluída pelo governador Jackson Barreto. Os grandes beneficiários destas obras são a população e os turistas que visitarão nosso estado”, disse

O governador em exercício, Belivaldo Chagas, entregou nesta quarta (23) a primeira etapa do sistema viário do entorno do Aeroporto Santa Maria; o novo complexo viário interliga a região com a zona de expansão e integra um conjunto de obras de mobilidade cujo objetivo é desafogar o trânsito das avenidas Euclides Figueiredo, Heráclito Rollemberg e Tancredo Neves; com a obra, o deslocamento dos moradores dos bairros Aruana, Santa Maria, e dos conjuntos Augusto Franco, Santa Tereza e residencial Vila Verde será facilitado; “Estamos felizes em entregar esta obra idealizada pelo ex-governador Marcelo Déda e concluída pelo governador Jackson Barreto. Os grandes beneficiários destas obras são a população e os turistas que visitarão nosso estado”, disse
O governador em exercício, Belivaldo Chagas, entregou nesta quarta (23) a primeira etapa do sistema viário do entorno do Aeroporto Santa Maria; o novo complexo viário interliga a região com a zona de expansão e integra um conjunto de obras de mobilidade cujo objetivo é desafogar o trânsito das avenidas Euclides Figueiredo, Heráclito Rollemberg e Tancredo Neves; com a obra, o deslocamento dos moradores dos bairros Aruana, Santa Maria, e dos conjuntos Augusto Franco, Santa Tereza e residencial Vila Verde será facilitado; “Estamos felizes em entregar esta obra idealizada pelo ex-governador Marcelo Déda e concluída pelo governador Jackson Barreto. Os grandes beneficiários destas obras são a população e os turistas que visitarão nosso estado”, disse (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

ASN - O governador em exercício, Belivaldo Chagas, entregou nesta quarta-feira, 23, a primeira etapa do sistema viário do entorno do Aeroporto Santa Maria. O novo complexo viário interliga a região com a zona de expansão e integra um conjunto de obras de mobilidade cujo objetivo é desafogar o trânsito das avenidas Euclides Figueiredo, Heráclito Rollemberg e Tancredo Neves. Com a obra, o deslocamento dos moradores dos bairros Aruana, Santa Maria, e dos conjuntos Augusto Franco, Santa Tereza e residencial Vila Verde será facilitado.

Com investimentos na ordem de R$ 24.387.664,22, a obra facilita acesso ao Aeroporto Santa Maria, aos bairros 17 de Março e Santa Maria, bem como à Zona de Expansão e às praias do Litoral Sul, possibilitando com isso novos sistemas de transporte de alta capacidade.

Belivaldo ressaltou que investimentos em mobilidade urbana são prioridades do Governo.“Estamos felizes em entregar esta obra idealizada pelo ex-governador Marcelo Déda e concluída pelo governador Jackson Barreto. Os grandes beneficiários destas obras são a população e os turistas que visitarão nosso estado”, disse.

O Contorno Viário

O novo corredor de tráfego da capital sergipana compreende a duplicação das avenidas Alexandre Alcino e Avenida José Menezes Prudente e melhoria na Avenida Padre Arnóbio de Melo (rota de fuga). Foram implantados 8.760 metros de pista de rolamento (84.460,57 m² de asfalto), 16.625 metros de meio-fio, 1.916 metros de drenagem pluvial e 836 metros de cobertura de canal, além de 2.300 metros do muro de proteção que circunda toda a área do aeroporto.

Para a circulação não motorizada, foram executados 14.258,63 m² de passeio em concreto desempolado e 17.985,98 m² em concreto polido, além de 15.054,00 m² de ciclovia em concreto polido e 82 rampas de acessibilidade para pessoas com dificuldades de locomoção — o que será crucial para a mobilidade de pedestres e ciclistas —, além da construção de 10 pontos de ônibus (oito na Avenida Alexandro Alcino e dois na continuação da Avenida José Menezes Prudente).

Foram implantados 192 postes de quatro pétalas, de 16 metros de altura, o que destaca ainda mais as espaçosas avenidas e assegura ainda o deslocamento noturno para os núcleos urbanos existentes em seu traçado.

As vias receberam 6.273,88 m² de sinalização horizontal (faixas de pedestres, setas indicativas) e 222 placas verticais dos mais diversos modelos, entre elas, de regulamentação, advertência e de indicação. Para tornar as vias ainda mais agradáveis, o projeto paisagístico foi contemplado com o plantio de 41.833,18 m² em placas de grama verde-esmeralda, mini-palmeiras imperiais e uma variedade de plantas nativas e ornamentais.

Moradores comemoram


Morador do bairro Santa Maria, Renison Felipe só tem elogios à obra. “Os serviços nas avenidas ficaram ótimos, facilitou a vida dos ciclistas que, como eu, passam por aqui diariamente, encurtou as distâncias entre os bairros e, o mais importante, ficou bastante iluminado, nos dando mais segurança aos moradores. Todos os meus amigos e vizinhos gostaram muito dessa obra do Governo”, revela o técnico em automação de 20 anos.

Residente em um dos residenciais do bairro Aruana, a corretora de imóveis, Selma Dantas, 42 anos, diz que o trajeto por um dos logradouros agora faz parte da sua rotina diária. “Facilitou muito o acesso aos bairros da região, agora o meu percurso é por aqui, já que por esta avenida eu encurtei o caminho para o trabalho, economizando tempo e combustível, sem contar que com a construção desse calçadão iluminado, passeio com meu cachorro e faço caminhadas à noite”, declara.

Também morador do bairro Aruana, Samuel Gomes, reitera as declarações de Selma. “Antigamente era ruim andar por aqui, além da avenida ser mal iluminada, o canal era descoberto e tinha muitos mosquitos. Agora ficou ótimo, posso fazer minhas caminhadas, uma vez que a via está muito mais movimentada por pedestres e ciclistas”, afirma o aposentado de 62 anos.

Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano, Valmor Barbosa, o entorno viário contribuirá para o dia a dia da população. “A obra é um avanço significativo para o tráfego da capital e para o turismo. A mobilidade urbana é um dos maiores desafios para os gestores das médias e grandes cidades e, atento a essa necessidade, o Governo do Estado vem atuando no desenvolvimento de projetos dessa natureza. As obras do novo acesso para Aracaju pela Santa Gleide estão a todo vapor, muito em breve teremos um corredor interligando a Zona Norte à Zona Sul, e, coincidentemente a uma das avenidas deste contorno viário que já é um marco das grandes obras realizadas pelo Executivo Estadual na capital sergipana”, enfatiza.

Complexo aeroportuário

O complexo aeroportuário é construído em parceria com a Infraero e inclui a construção do novo terminal de passageiros e ampliação da pista de pouso e decolagem e o desmonte do morro da Piçarreira. Juntas, as obras somam mais de R$ 415 milhões.
Com orçamento de R$ 300 milhões, o novo Terminal passará a ter 36 mil m² e capacidade para atender 4,3 milhões de passageiros, contra o 1,7 milhão atuais. O novo pátio de aeronaves terá oito posições para aeronaves do tipo Boeing-737 e quatro pontes de embarque.

Já a ampliação da pista de pouso e decolagem está orçada em R$ 70 milhões e tem previsão de conclusão para março de 2016. A pista atual possui 2.200 m de comprimento e 45 m de largura. Com o investimento, passará a ter 2.785 m de comprimento, além de duas Áreas de Segurança no Fim da Pista (RESAs) e uma pista de rolamento entre o pátio e a cabeceira 11 da Pista.

A nova configuração possibilitará ao Aeroporto receber uma maior variedade de tipos de aeronaves, sobretudo voos intercontinentais, incentivando assim o desenvolvimento econômico do estado. O desmonte do Morro da Piçarreira é executado com recursos do Proinveste no valor de R$ 23.562.023,90.

Mais voos para Sergipe

A decisão do Governo do Estado em promover a redução da alíquota incidente sobre o querosene de aviação (QAV) para a atração de novos voos, principalmente, dos principais polos emissores de turistas, como São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, começa a apresentar seus primeiros resultados positivos. Na última semana, a Avianca encaminhou documento ao Governo do Estado propondo acordo para a implantação de novos voos entre Aracaju e São Paulo, totalizando sete frequências semanais.

A redução das alíquotas determinada pelo Governo de Sergipe, após estudos conjuntos da Secretaria do Turismo e do Esporte (Setesp) e da Secretaria da Fazenda (Sefaz), varia entre 17% e 12%, em três níveis percentuais, de acordo com o atendimento de alguns parâmetros como o aumento do número de voos e do abastecimento de combustível pelas aeronaves no aeroporto de Aracaju. Essa medida beneficia o turismo sergipano de forma geral, pois abre possibilidades para que haja uma redução dos valores dos bilhetes aéreos de e para Aracaju e consequente melhoria da malha aérea.

O secretário de Estado do Turismo e do Esporte, Adilson Júnior, esclarece que o aumento do número de frequências e voos da Avianca é resultado do empenho do Governo do Estado para fortalecer a economia do turismo em Sergipe. Segundo ele, a partir disso, há o próximo passo que é “recuperar voos, aumentar a oferta e diminuir o valor médio dos tíquetes. São ações necessárias e imediatas para Sergipe”, acrescentando que “essa luta já começa a produzir resultado, com o interesse real das companhias aéreas em participar e contribuir efetivamente para o processo de adequação da malha aérea em Sergipe”.

Presenças

Acompanharam a soleniodade os secretários de Estado de Comunicação, Sales Neto, de Planejamento, João Augusto Gama, da Segurança, Mendonça Prado, o presidente da Fundação Renascer, Wellington Mangueira, o diretor presidente da Cehop, Caetano Quaranta, o superintendende executivo da Seinfra, Ubirajara Barreto, o diretor do DER, Antônio Vasconcelos, o superintendente da Infraero em Sergipe, Luiz Bittencourt, o deputado estadual Gustinho Ribeiro, o ex-prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247