Bellucci vence e Brasil empata com a Rússia na Davis

Tenista brasileiro entrou decidido depois da derrota de Ricardo Mello para Mikhail Youzhny e empatou o duelo nesta sexta-feira

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Os russos nem puderam comemorar direito o primeiro ponto no confronto pela repescagem da Copa Davis. Thomaz Bellucci entrou decidido depois da derrota de Ricardo Mello para Mikhail Youzhny. Empatou o duelo nesta sexta-feira com uma atuação muito sólida diante de Igor Andreev, vencendo por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/3, em 2h01 de partida.

Bellucci conseguiu manter a consistência durante todo o jogo e mostrou grande capacidade para colocar em prática a tática traçada com o capitão João Zwetsch: buscou muito o golpe de revés do rival e atacou no lado direito quando Andreev abria a quadra.

"Acho que joguei o meu melhor tênis hoje (sexta)", disse o brasileiro, que não teve seu saque quebrado durante a partida. "Saquei muito bem e permaneci seguro durante todo o jogo. É uma vitória que me dá bastante confiança para o resto do confronto."

Neste sábado, às 7 horas (de Brasília, com transmissão do SporTV 2), a dupla formada por Bruno Soares e Marcelo Melo enfrenta Igor Kunitsyn e Dmitry Tursunov para ver que equipe chega ao último dia de confronto com a vantagem de 2 a 1. Se o Brasil vencer, Bellucci tem a chance de definir a volta do País ao Grupo Mundial após oito anos caso consiga surpreender o russo Michail Youzhny. "Se ele jogar como contra o Mello vai ser muito difícil, mas ganhei confiança, estou acreditando muito no meu jogo e pode ser uma partida equilibrada", afirmou.

Antes de Bellucci entrar em quadra e vencer nesta sexta, Ricardo Mello foi arrasado por Mikhail Youzhny por 3 sets a 0, com parciais de 6/0, 6/2 e 6/1, e viu os russos largarem na frente na disputa.

"No primeiro jogo o Ricardo não teve muitas chances, mas o mais importante é que eu consegui ganhar e empatar o duelo para o Brasil. O confronto com a Rússia está em aberto. A gente veio para cá sabendo que não éramos os favoritos, mas sabíamos que podíamos jogar de igual para igual e ganhar deles", acrescentou Bellucci, em entrevista ao SporTV logo após seu jogo desta sexta.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247