Bertulino denuncia descaso de João com ciclovias

O vereador Bertulino Menezes (PSB) denunciou em discurso na Câmara a falta de manutenção das ciclovias de Aracaju por parte da gestão de João Alves Filho (DEM); "As ciclovias de Aracaju estão sendo destruídas, estão cheias de buracos, impondo risco de acidentes aos seus usuários”, disse; ele lembrou a promessa feita pelo prefeito atual de aumentar a malha cicloviária da cidade, com a implantação de uma faixa que se estenderia do Mercado Municipal à Atalaia, passando pela Rua da Frente, cruzando o rio Poxim, paralela à ponte do bairro Coroa do Meio, onde seria instalada uma passarela metálica suspensa sobre o leito do rio, o que não se concretizou

O vereador Bertulino Menezes (PSB) denunciou em discurso na Câmara a falta de manutenção das ciclovias de Aracaju por parte da gestão de João Alves Filho (DEM); "As ciclovias de Aracaju estão sendo destruídas, estão cheias de buracos, impondo risco de acidentes aos seus usuários”, disse; ele lembrou a promessa feita pelo prefeito atual de aumentar a malha cicloviária da cidade, com a implantação de uma faixa que se estenderia do Mercado Municipal à Atalaia, passando pela Rua da Frente, cruzando o rio Poxim, paralela à ponte do bairro Coroa do Meio, onde seria instalada uma passarela metálica suspensa sobre o leito do rio, o que não se concretizou
O vereador Bertulino Menezes (PSB) denunciou em discurso na Câmara a falta de manutenção das ciclovias de Aracaju por parte da gestão de João Alves Filho (DEM); "As ciclovias de Aracaju estão sendo destruídas, estão cheias de buracos, impondo risco de acidentes aos seus usuários”, disse; ele lembrou a promessa feita pelo prefeito atual de aumentar a malha cicloviária da cidade, com a implantação de uma faixa que se estenderia do Mercado Municipal à Atalaia, passando pela Rua da Frente, cruzando o rio Poxim, paralela à ponte do bairro Coroa do Meio, onde seria instalada uma passarela metálica suspensa sobre o leito do rio, o que não se concretizou (Foto: Valter Lima)

Sergipe 247 - A proximidade das eleições de 2016 tem elevado os ânimos na Câmara de Vereadores de Aracaju. Ontem, uma crítica do parlamentar Bertulino Menezes (PSB) contra a falta de manutenção das ciclovias de Aracaju por parte da gestão de João Alves Filho (DEM) gerou muita discussão. O presidente da Casa, Vinicius Porto (DEM), acusou o pré-candidato a prefeito da capital pelo PSB, deputado federal Valadares Filho (PSB), de se ausentar da votação da Medida Provisória que trata dos terrenos de marinha na Câmara Federal.

Em seu discurso, Bertulino disse que “as ciclovias de Aracaju estão sendo destruídas, estão cheias de buracos, impondo risco de acidentes aos seus usuários”. O vereador ressaltou que Aracaju já foi destaque na mídia nacional, apontada como a cidade do Nordeste que possui 85 quilômetros de ciclovias, construídas em administrações passadas.

Para ilustrar os problemas enfrentados pelos usuários, o vereador exibiu uma reportagem onde os entrevistados protestavam pelos constantes atropelamentos envolvendo ciclistas em decorrência da falta das ciclovias em avenidas de grande fluxo de veículos pesados na capital. Ele também mostrou um vídeo de campanha de João de 2012, quando o então candidato prometia aumentar a malha cicloviária da cidade, com a implantação de uma faixa que se estenderia do Mercado Municipal à Atalaia, passando pela Rua da Frente, cruzando o rio Poxim, paralela à ponte do bairro Coroa do Meio, onde seria instalada uma passarela metálica suspensa sobre o leito do rio.  

Vinicius

Em seu discurso, Vinicius Porto lamentou que tenha sido informado que um “deputado federal do PSB”, não votou na matéria. “Não votou a favor, nem contra. Simplesmente, silenciou”, afirmou Porto, ao lastimar que “esse deputado não pensou no povo aracajuano, nem nos proprietários de terreno de Marinha”. Para ele, “não existe nada superior ao desejo do povo aracajuano”.

“Faltou com a verdade”

Bertulino reagiu. “O vereador Vinicius Porto, que preside esta Casa de forma competente, faltou com a verdade no que se refere ao comportamento do deputado federal Valadares Filho (PSB) durante a votação da Medida Provisória de nº 691/2015”, criticou.

Bertulino fez questão de ler um manifesto, assinado pelo bloco de deputados federais que se opõe à permanência do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB) na condução dos trabalhos no legislativo federal. 

No documento, vários partidos, incluindo o DEM - do vereador Vinicius Porto - e o PSDB - do vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado -, além do PSB - de Valadares Filho -,  teriam decidido por obstruir a pauta de votações no legislativo federal, em protesto pela resistência do denunciado em deixar a condução dos trabalhos na Câmara. “Não trato como mentiroso, mas digo que ele faltou com a verdade sobre o comportamento do deputado Valadares Filho”, advertiu.   

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247