Bittencourt: "Conchavos políticos acabaram com a prefeitura"

“O Paço virou um enorme balcão de negócios. Predomina a distribuição de cargos comissionados e de altos salários para os apaniguados. A prefeitura não pode ser cabide de empregos. Se isso acontece, todo o resto fica prejudicado”; é o que afirma o engenheiro Luiz Bittencourt (PTB), pré-candidato à prefeitura de Goiânia

“O Paço virou um enorme balcão de negócios. Predomina a distribuição de cargos comissionados e de altos salários para os apaniguados. A prefeitura não pode ser cabide de empregos. Se isso acontece, todo o resto fica prejudicado”; é o que afirma o engenheiro Luiz Bittencourt (PTB), pré-candidato à prefeitura de Goiânia
“O Paço virou um enorme balcão de negócios. Predomina a distribuição de cargos comissionados e de altos salários para os apaniguados. A prefeitura não pode ser cabide de empregos. Se isso acontece, todo o resto fica prejudicado”; é o que afirma o engenheiro Luiz Bittencourt (PTB), pré-candidato à prefeitura de Goiânia (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - “O Paço virou um enorme balcão de negócios. Predomina a distribuição de cargos comissionados e de altos salários para os apaniguados. A prefeitura não pode ser cabide de empregos. Se isso acontece, todo o resto fica prejudicado”. É o que afirma o engenheiro Luiz Bittencourt (PTB), pré-candidato à prefeitura de Goiânia.

De acordo com o petebista, "as incontáveis concessões que o prefeito Paulo Garcia (PT) fez à sua base política inviabilizaram a administração municipal". Bittencourt defende mais transparência na gestão. O pré-candidato começou a fazer agora um levantamento de todas as obras paradas da gestão petista.

Na opinião do engenheiro, "a dedicação integral de Paulo Garcia à costura dos conchavos políticos é a principal causa dos problemas na Saúde Pública, no trânsito, no transporte coletivo e na coleta de lixo".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email