Bittencourt: "quem decidirá sobre admissão do DEM é Jackson"

Novo secretário estadual dos Direitos Humanos, o professor Antônio Bittencourt (PC do B), afirma que caberá ao governador Jackson Barreto (PMDB) decidir sobre "a admissão ou não do DEM" ao bloco de partidos governistas; "Jackson tem legitimidade, autoridade e discernimento político" para tal decisão; no entanto, ele frisa que o PC do B estará trabalhando internamente para "convencê-lo de que se trata de uma aliança desinteressante e desnecessária" 

Novo secretário estadual dos Direitos Humanos, o professor Antônio Bittencourt (PC do B), afirma que caberá ao governador Jackson Barreto (PMDB) decidir sobre "a admissão ou não do DEM" ao bloco de partidos governistas; "Jackson tem legitimidade, autoridade e discernimento político" para tal decisão; no entanto, ele frisa que o PC do B estará trabalhando internamente para "convencê-lo de que se trata de uma aliança desinteressante e desnecessária" 
Novo secretário estadual dos Direitos Humanos, o professor Antônio Bittencourt (PC do B), afirma que caberá ao governador Jackson Barreto (PMDB) decidir sobre "a admissão ou não do DEM" ao bloco de partidos governistas; "Jackson tem legitimidade, autoridade e discernimento político" para tal decisão; no entanto, ele frisa que o PC do B estará trabalhando internamente para "convencê-lo de que se trata de uma aliança desinteressante e desnecessária"  (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - Novo secretário estadual dos Direitos Humanos, o professor Antônio Bittencourt (PC do B), afirma que caberá ao governador Jackson Barreto (PMDB) decidir sobre "a admissão ou não do DEM" ao bloco de partidos governistas. "Jackson tem legitimidade, autoridade e discernimento político" para tal decisão. No entanto, ele frisa que o PC do B estará trabalhando internamente para "convencê-lo de que se trata de uma aliança desinteressante e desnecessária". 

Assim como o ex-prefeito Edvaldo Nogueira, líder do PC do B, o professor Bittencourt defende o retorno do PSB ao projeto de reeleição do governador Jackson Barreto. "Entendemos que o lugar do senador Valadares e do deputado federal Valadares Filho é entre nós", reforça. O novo secretário diz ainda que o PC do B está "firme e coeso na defesa do governo de JB e na necessidade de dar continuidade a um processo de mudanças iniciado pelo ex-governador Marcelo Déda". Declarações de Bittencourt foram dadas ao Jornal da Cidade.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247