Blatter acusa Platini de ameaçá-lo de prisão

Presidente da Fifa afirmou que o presidente da UEFA, Michel Platini, o ameaçou de prisão caso ele disputasse a última eleição da entidade; "Durante uma refeição, Platini sentou ao lado do meu irmão e disse: 'avise o Sepp [Joseph Blatter] para ele desistir de se candidatar ou ele será preso'", declarou Joseph Blatter a um jornal holandês; Platini classificou as afirmações de Blatter como "história inventada"

Presidente da Fifa, Joseph Blatter, durante entrevista coletiva em Zurique, em foto de arquivo.  26/11/2014   Reuters/Arnd Wiegmann
Presidente da Fifa, Joseph Blatter, durante entrevista coletiva em Zurique, em foto de arquivo. 26/11/2014 Reuters/Arnd Wiegmann (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou neste sábado (15), que o presidente da UEFA Michel Platini o ameaçou de prisão caso ele disputasse a última eleição da entidade.

Blatter acabou sendo reeleito para o quinto mandato na instituição. Porém, quatro dias depois, diante do maior escândalo da história do futebol mundial, Blatter, anunciou que vai deixar o cargo, ocupado por ele há 17 anos.

De acordo com o jornal holandês Volkskrant, a ameaça foi feita ao irmão de Blatter em Zurique, horas antes da votação.

"Durante uma refeição, Platini sentou ao lado do meu irmão e disse: 'avise o Sepp [Joseph Blatter] para ele desistir de se candidatar ou ele será preso"", declarou o atual presidente da Fifa ao Volkskrant.

Uma fonte próxima a Platini afirmou em entrevista à agência AFP que o ex-jogador classificou as declarações de Blatter como "história inventada".

O francês é candidato à presidência da Fifa desde 29 de julho. A eleição será realizada em 26 de fevereiro de 2016, em Zurique. Até o momento, já anunciaram a candidatura o príncipe jordano Ali bin Al Hussein, que concorreu no último pleito, e o o sul-coreano Chung Mong-joon.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email