Blatter e Platini estão banidos do futebol

O comitê de ética da Fifa disse neste sábado que entregou formalmente a Sepp Blatter e Michel Platini, que em breve deixarão seus cargos como presidente da associação e chefe do futebol europeu, os motivos para a sua suspensão por oito anos

Presidente da Fifa, Joseph Blatter (esquerda), e presidente da Uefa, Michel Platini, durante encontro em Zurique. 29/05/2015 REUTERS/Arnd Wiegmann
Presidente da Fifa, Joseph Blatter (esquerda), e presidente da Uefa, Michel Platini, durante encontro em Zurique. 29/05/2015 REUTERS/Arnd Wiegmann (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

ZURIQUE (Reuters) - O comitê de ética da Fifa disse neste sábado que entregou formalmente a Sepp Blatter e Michel Platini, que em breve deixarão seus cargos como presidente da associação e chefe do futebol europeu, os motivos para a sua suspensão por oito anos.

Os dois podem usar essas informações em um recurso.

A ação vem tarde demais para Platini, que disse nesta semana ter abandonado seus planos de entrar com um recursos contra a suspensão a tempo de voltar à disputa pela presidência da Fifa e retirou sua candidatura.

Blatter e Platini foram banidos no mês passado em meio ao pior escândalo de corrupção na história do corpo governante do futebol mundial.

"Após receber a base para a decisão, os dois oficiais podem registrar um recurso no Comitê de Recursos da Fifa", disse uma divisõ do comitê de ética em comunicado, sem dar detalhes sobre as informações que enviou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247