BNDES aprova R$ 1,5 bilhão para Viracopos

Banco de fomento aprovou a concessão de financiamento de longo prazo para a concessionária do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), a empresa Aeroportos Brasil Viracopos; participação do BNDES corresponderá a 62,6% de todo o investimento no terminal

CAMPINAS, SP, BRASIL, 04-01-2011 09h52: Aeroporto Viracopos em Campinas. Após decisão do governo, o aeroporto será privatizado e sofrerá reformas.( Foto: Alessandro Shinoda/Folhapress, MERCADO ) ***EXCLUSIVO FOLHA***
CAMPINAS, SP, BRASIL, 04-01-2011 09h52: Aeroporto Viracopos em Campinas. Após decisão do governo, o aeroporto será privatizado e sofrerá reformas.( Foto: Alessandro Shinoda/Folhapress, MERCADO ) ***EXCLUSIVO FOLHA*** (Foto: Gisele Federicce)

SÃO PAULO, 30 Dez (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a concessão de financiamento de longo prazo no valor de 1,5 bilhão de reais para a concessionária do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), a empresa Aeroportos Brasil Viracopos.

A participação do BNDES corresponderá a 62,6 por cento do investimento total no aeroporto, informou o banco de fomento nesta segunda-feira, por meio de comunicado.

A Aeroportos Brasil Viracopos já havia recebido empréstimo-ponte de 1,2 bilhão de reais em dezembro de 2012.

A concessionária também emitirá debêntures de infraestrutura, no valor de 300 milhões de reais, numa operação que também contará com a participação do BNDES.

As debêntures de infraestrutura têm isenção de Imposto de Renda para o investidor pessoa física e para o investidor estrangeiro, além de alíquota de 15 por cento para a pessoa jurídica.

A Aeroportos Brasil Viracopos tem como sócios a Infraero (49 por cento) e a Aeroportos Brasil (51 por cento). Esta última, por sua vez, é controlada pela UTC Participações, pela Triunfo Participações e Investimentos S.A. e pela empresa aeroportuária internacional Egis Airport Operation, que opera 13 aeroportos no mundo, além de Viracopos.

A concessionária fará investimentos na ampliação e modernização do aeroporto até dezembro de 2014, como construção de um novo terminal, com capacidade para atender, inicialmente, 14 milhões de passageiros, podendo chegar a até 22 milhões.

(Redação São Paulo)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247