Boate Kiss: Tarso se reúne com familiares das vítimas

Segundo o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), "foi uma reunião dolorosa"; "Mas eu vim para escutar. Eles fizeram uma série de observações sobre os processos, manifestando insatisfação. Assim como demonstraram uma grande satisfação com relação ao inquérito policial", declarou o gestor

SANTA MARIA, RS, BRASIL Governador Tarso Genro durante reunião com familiares das vítimas da Boate Kiss. Foto: Caroline Bicocchi/Palácio Piratini
SANTA MARIA, RS, BRASIL Governador Tarso Genro durante reunião com familiares das vítimas da Boate Kiss. Foto: Caroline Bicocchi/Palácio Piratini (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio Grande do Sul 247 – O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), se reuniu com os familiares das vítimas da tragédia da boate Kiss, em janeiro deste ano, quando 242 pessoas foram mortas por conta de um incêndio na casa noturna.

"Foi uma reunião dolorosa, mas eu vim para escutar. Eles fizeram uma série de observações sobre os processos, manifestando insatisfação. Assim como demonstraram uma grande satisfação com relação ao inquérito policial", declarou Tarso.

O incêndio ocorreu no dia 27 de janeiro, depois que a banda Gurizada Fandangueira usou de artefatos pirotécnicos no palco. O inquérito policial indiciou 16 pessoas e responsabilidade outras 12. Além disso, o Ministério Público denunciou oito pessoas – quatro por homicídio, duas por falso testemunho e duas por fraude processual. As denúncias foram acatadas pelo Judiciário e, por consequência, os envolvidos no caso viraram réus e serão julgados.

Dois proprietários do estabelecimento e dois integrantes da provocando o incêndio, foram presos alguns dias depois da tragédia, considerada a maior da história do Rio Grande do Sul. No entanto, a Justiça concedeu liberdade provisória aos quatro réus no dia 29 de maio.

Para o pai, de Jennerfer, uma das vítimas, a reunião teve um saldo positivo. "Foi boa, apesar de ter sido quase 11 meses depois. Falamos dos nossos anseios, das nossas injustiças", afirmou. As informações dão do G1 Rio Grande do Sul.

No encontro também foi discutida a questão dos medicamentos aos sobreviventes. "Ele (Tarso) deu carta branca para isso. Em janeiro ele vai nos chamar no Palácio Piratini para estudar uma estratégia diferente para esses tipos de melhorias", o presidente da Associação de Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), Adherbal Ferreira.

O governo gaúcho assinou um Termo de Ajustamento de Conduta com o objetivo de aumentar o repasse de recursos para o Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), e garantir o atendimento aos sobreviventes, por meio da contratação de pessoa via Fundo de Apoio Tecnológico e Ciência (Fatec).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247