Bolsas asiáticas fecham em queda após 'black monday'

Na China, o índice Xangai teve queda de 0,26% e o índice Shenzhen recuou 1,36%; no Japão, o indicador Nikkei 225 caiu 0,42%; em Hong Kong, a Hang Seng Index descia 0,59% no final do dia; as negociações nas bolsas de valores da China, Xangai e Shenzhen, foram suspensas nesta segunda-feira (4) após os índices caírem 7%

Homem passa por painel mostrando cotação do índice Hang Seng em Hong Kong. 04/01/2016 REUTERS/Bobby Yip
Homem passa por painel mostrando cotação do índice Hang Seng em Hong Kong. 04/01/2016 REUTERS/Bobby Yip (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -As bolsas asiáticas fecharam novamente em queda após 'black monday'. Na China, o índice Xangai teve queda de 0,26% e o índice Shenzhen recuou 1,36%. No Japão, o indicador Nikkei 225 caiu 0,42%. Em Hong Kong, a Hang Seng Index descia 0,59% no final do dia.

As negociações nas bolsas de valores da China, Xangai e Shenzhen, foram suspensas nesta segunda-feira (4) após os índices caírem 7%.

Ontem, o Ibovespa tem queda no primeiro pregão de 2016 seguindo o pânico global por conta da China depois de novos dados abaixo das expectativas na segunda maior economia do mundo. A bolsa chinesa despencou 7%, enquanto os índices europeus recuam entre 2% e 4,2% e Dow Jones e S&P 500 caem mais de 1,8%. No Brasil, as previsões do Relatório Focus mostram mais um ano de forte retração da economia. O Citiprevê que a atividade brasileira recue 2,4% em 2016 e que a inflação atinja 8,4% (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247