Bolsonaro é “mais íntegro que tucanos”, afirma Ciro

O pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) afirmou que seu provável adversário na disputa em 2018, Jair Bolsonaro, é “mais íntegro que qualquer tucano neste momento”, “mesmo não concordando com absolutamente nada” do que ele fala. O ex-ministro disse ainda que os bons índices do deputado nas pesquisas são “reflexo da indignação justíssima de uma fração enorme do povo brasileiro com a política”, mas que este apoio pode não se transformar em voto 

O pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) afirmou que seu provável adversário na disputa em 2018, Jair Bolsonaro, é “mais íntegro que qualquer tucano neste momento”, “mesmo não concordando com absolutamente nada” do que ele fala. O ex-ministro disse ainda que os bons índices do deputado nas pesquisas são “reflexo da indignação justíssima de uma fração enorme do povo brasileiro com a política”, mas que este apoio pode não se transformar em voto 
O pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) afirmou que seu provável adversário na disputa em 2018, Jair Bolsonaro, é “mais íntegro que qualquer tucano neste momento”, “mesmo não concordando com absolutamente nada” do que ele fala. O ex-ministro disse ainda que os bons índices do deputado nas pesquisas são “reflexo da indignação justíssima de uma fração enorme do povo brasileiro com a política”, mas que este apoio pode não se transformar em voto  (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - Para o pré-candidato à presidência, Ciro Gomes (PDT), o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), seu provável adversário em 2018, é “mais íntegro” que as lideranças tucanas no atual momento.  “Eu acho que o Bolsonaro, sob o ponto de vista pessoal, é mais íntegro do que qualquer tucano nesse momento. Eu, Ciro Gomes, acho, não concordando com absolutamente nada do que o Bolsonaro fala”, disse, em entrevista ao Canal Livre, da TV Bandeirantes, referindo-se inclusive ao senador Tasso Jereissati (CE) e ao prefeito de São Paulo, João Dória, a quem chama de “prefake”.

O ex-ministro avalia que o bom desempenho de Bolsonaro nas pesquisas de intenção de voto é “reflexo da indignação justíssima de uma fração enorme do povo brasileiro com a política ” e da “crença de que uma autoridade forte, um machão, um exagerado” seria necessária. No entanto, Ciro acredita que este apoio é uma expressão “catártica”, que pode não se transformar em voto. "Eu acredito que na hora que o PSDB parar de fazer bobagem no atacado e no varejo, eles [o candidato tucano e Bolsonaro] vão começar a se canibalizar reciprocamente”.

(Com informações do UOL)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247