Bombeiros reforçam operação na Região da Ibiapaba

O incêndio na Ibiapaba não atingiu áreas habitadas nem propriedades particulares. Bombeiros de Fortaleza esão indo reforçar o trabalho que já envolve as guarnições de Sobral e Marco e da equipe Prevfogo, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama)

O incêndio na Ibiapaba não atingiu áreas habitadas nem propriedades particulares. Bombeiros de Fortaleza esão indo reforçar o trabalho que já envolve as guarnições de Sobral e Marco e da equipe Prevfogo, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama)
O incêndio na Ibiapaba não atingiu áreas habitadas nem propriedades particulares. Bombeiros de Fortaleza esão indo reforçar o trabalho que já envolve as guarnições de Sobral e Marco e da equipe Prevfogo, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Corpo de Bombeiros Militar do Ceará envia reforço de recurso humano para atuar no combate ao incêndio florestal que atinge a região da Ibiapaba. Até então, guarnições de Sobral e Marco já atuam no local, em parceria com a equipe Prevfogo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), que é especializada neste tipo de incêndio. No total, serão 43 bombeiros militares atuando diariamente na operação. Participam também desta ação conjunta os brigadistas do Parque Nacional da Ibiapaba e voluntários. O incêndio na Ibiapaba, pelas características da região florestal, contudo, não atingiu áreas habitadas nem propriedades particulares.

Em todo o mundo os incêndios florestais são um grande desafio em razão da vasta área que atingem, da grande quantidade de focos simultâneos, do difícil acesso que as equipes têm para chegar a estes focos por se tratar, geralmente, de matas fechadas e da incidência de ventos que aceleram o processo como um todo. Diferente de outros incêndios (em edificações, veículos, etc.) em que se pode utilizar uma viatura de combate a incêndio para o ataque rápido, o incêndio florestal é feito por equipes de homens que adentram em diversos pontos da vegetação munidos de abafadores, bombas costais e material de corte. É um trabalho que exige paciência devido à sua complexidade.

O CBMCE aproveita o momento também para alertar a população para que colabore na prevenção aos incêndios florestais. Durante o segundo semestre de cada ano percebe-se um aumento considerável na incidência deste tipo de ocorrência. Na maioria dos casos o próprio ser humano é o responsável por estes incêndios ao fazer queimadas indevidas e indiscriminadas, sem o devido cuidado de fazer aceiros. As condições climáticas acabam favorecendo que este incêndio fuja ao controle humano e atinja grandes proporções.  

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email