Boni defende indicações e pede cabeça de Adão

Deputado estadual José Bonifácio (PR) defendeu nesta quinta-feira, 5, na tribuna da Assembleia Legislativa, a indicação política de diretores das escolas estaduais; "Indiquei professoras que já foram diretoras e que vestiram a camisa do senhor Marcelo Miranda [PMDB]", afirmou; Bonifácio foi duro nas críticas ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintet), presidido por Roque Santiago, que defende eleição direta para diretores; "Esse Sintet tomou de assalto a Secretaria de Educação. O secretário é só fazendo reunião, não faz nada"; ele defendeu a saída de Adão Francisco do comando da Seduc; "A Educação começa mal neste estado. Peça para sair, você já não deu certo", afirmou; clima esquenta na AL

Deputado estadual José Bonifácio (PR) defendeu nesta quinta-feira, 5, na tribuna da Assembleia Legislativa, a indicação política de diretores das escolas estaduais; "Indiquei professoras que já foram diretoras e que vestiram a camisa do senhor Marcelo Miranda [PMDB]", afirmou; Bonifácio foi duro nas críticas ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintet), presidido por Roque Santiago, que defende eleição direta para diretores; "Esse Sintet tomou de assalto a Secretaria de Educação. O secretário é só fazendo reunião, não faz nada"; ele defendeu a saída de Adão Francisco do comando da Seduc; "A Educação começa mal neste estado. Peça para sair, você já não deu certo", afirmou; clima esquenta na AL
Deputado estadual José Bonifácio (PR) defendeu nesta quinta-feira, 5, na tribuna da Assembleia Legislativa, a indicação política de diretores das escolas estaduais; "Indiquei professoras que já foram diretoras e que vestiram a camisa do senhor Marcelo Miranda [PMDB]", afirmou; Bonifácio foi duro nas críticas ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintet), presidido por Roque Santiago, que defende eleição direta para diretores; "Esse Sintet tomou de assalto a Secretaria de Educação. O secretário é só fazendo reunião, não faz nada"; ele defendeu a saída de Adão Francisco do comando da Seduc; "A Educação começa mal neste estado. Peça para sair, você já não deu certo", afirmou; clima esquenta na AL (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - O deputado estadual José Bonifácio (PR) subiu à tribuna da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira, 5, para discursar duramente contra o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do estado (Sintet), que criticou a indicação de diretores de escolas estaduais por políticos aliados do governador Marcelo Miranda (PMDB), mostrado nessa quarta-feria, 4, pelo Tocantins 247 (leia aqui).

"Não admito certas interferências danosas, principalmente de pessoas que vêm nos atacar. Qual é a moral desse Sintet em vir falar das ingerências? (...) Eu indiquei as diretoras da minha cidade. E quem eu indiquei? Professoras que já foram diretoras e que vestiram a camisa do senhor Marcelo Miranda [PMDB], foram para a rua foram trabalhar, como fortes sertanejos que elegeram um governador. Nós merecemos ser respeitados", disparou. 

O secretário de Educação do Estado, Adão Francisco, também foi alvo de duras declarações do deputado José Bonifácio. Em resposta às críticas do Sintet, a Secretaria da Educação divulgou nota em que anuncia para outubro deste ano a realização de eleições diretas para escolha de diretores nas escolas estaduais. 

"Esse Sintet tomou de assalto a Secretaria de Educação. O secretário é só fazendo reunião, não faz nada. Deputado Rocha Miranda, a sua cidade [Araguatins] não tem um aluno ainda em sala de aula e o secretário é só brigando por eleição de diretor. Vamos dar vergonha à Educação, se o cidadão não tem competência, renuncie ao cargo entregue para outro. Deputado Zé Roberto, diga para esse secretário que se ele não nos respeitar, que peça para sair do cargo, que não está preparado, não se preparou

O deputado Rocha Miranda (PMDB) disse concordar com o posicionamento de Bonifácio em “gênero, número e grau”. Já o deputado José Roberto Forzani (PT) saiu na defesa do secretário Adão Francisco e se manifestou a favor da eleição direta nas escolas. “ Professor universitário com mestrado e doutorado em várias áreas é um profissional muito competente, muito educado não sei qual dos deputados teve acesso a ele os que tiveram vão dizer a mesma coisa”, frisou. Segundo ele Adão vai melhorar a Educação do Estado e reconheceu as dificuldades iniciais. “Secretário tem total preparo e Sintet tem todo direito de se posicionar”, frisou.

Amália Santana também defendeu o Sintet. " Nosso governo é democrático e sempre se dispôs a conversar com os sindicatos. Nosso secretário já mostrou que é preparado e educado", frisou. A deputada frisou que a Educação tem se mostrado no primeiro mês de governo que tem chegado às comunidades indígenas e ao campo. "O Sindicato vai continuar fazendo o papel que é dele, é prematuro avaliar qualquer gestor", alfinetou.

Leia também: Seduc anuncia eleição para diretores de escolas

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247