Boulos diz que Moro não pode questionar palavra de acusados

"Alvo de denúncias, Moro lamentou que a palavra de um acusado levante suspeitas sobre ele. Ora, o que ele fez em toda Lava Jato senão isso?", questiona Guilherme Boulos, militante do MTST

"Alvo de denúncias, Moro lamentou que a palavra de um acusado levante suspeitas sobre ele. Ora, o que ele fez em toda Lava Jato senão isso?", questiona Guilherme Boulos, militante do MTST
"Alvo de denúncias, Moro lamentou que a palavra de um acusado levante suspeitas sobre ele. Ora, o que ele fez em toda Lava Jato senão isso?", questiona Guilherme Boulos, militante do MTST (Foto: Leonardo Attuch)

SP 247 – O ativista Guilherme Boulos, militante do MTST, disse neste domingo que o juiz Sergio Moro não pode questionar a palavra de supostos criminosos, como Rodrigo Tacla Duran, que acusa um de seus amigos de vender favores na Lava Jato (saiba mais aqui).

Confira abaixo o tweet de Boulos:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247