“Brasil caminha para voltar ao mapa da fome”

O bloqueio de benefícios de mais de 667 mil usuários do programa Bolsa Família, feito pelo de Michel Temer, deixou o deputado federal baiano Valmir Assunção (PT) "indignado"; ele disse nesta terça-feira que "o governo golpista e sua base aliada estão usurpando os direitos, os benefícios e até o sonho do povo brasileiro"; para Assunção, o governo Temer usa o pretexto de 'encontrar irregularidades' "para esconder o direcionamento da gestão para a suspensão dos programas sociais criados pelo PT para tirar o povo da miséria"; "O Brasil caminha para retornar ao mapa da fome, de onde tinha saído com os governos do PT"

O bloqueio de benefícios de mais de 667 mil usuários do programa Bolsa Família, feito pelo de Michel Temer, deixou o deputado federal baiano Valmir Assunção (PT) "indignado"; ele disse nesta terça-feira que "o governo golpista e sua base aliada estão usurpando os direitos, os benefícios e até o sonho do povo brasileiro"; para Assunção, o governo Temer usa o pretexto de 'encontrar irregularidades' "para esconder o direcionamento da gestão para a suspensão dos programas sociais criados pelo PT para tirar o povo da miséria"; "O Brasil caminha para retornar ao mapa da fome, de onde tinha saído com os governos do PT"
O bloqueio de benefícios de mais de 667 mil usuários do programa Bolsa Família, feito pelo de Michel Temer, deixou o deputado federal baiano Valmir Assunção (PT) "indignado"; ele disse nesta terça-feira que "o governo golpista e sua base aliada estão usurpando os direitos, os benefícios e até o sonho do povo brasileiro"; para Assunção, o governo Temer usa o pretexto de 'encontrar irregularidades' "para esconder o direcionamento da gestão para a suspensão dos programas sociais criados pelo PT para tirar o povo da miséria"; "O Brasil caminha para retornar ao mapa da fome, de onde tinha saído com os governos do PT" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O bloqueio de benefícios de mais de 667 mil usuários do programa Bolsa Família, feito pelo de Michel Temer, deixou o deputado federal baiano Valmir Assunção (PT) "indignado". Ele disse nesta terça-feira (8) que "o governo golpista e sua base aliada estão usurpando os direitos, os benefícios e até o sonho do povo brasileiro".

Para Assunção, o governo Temer usa o pretexto de 'encontrar irregularidades' "para esconder o direcionamento da gestão para a suspensão dos programas sociais criados pelo PT para tirar o povo da miséria".

"O Brasil caminha para retornar ao mapa da fome, de onde tinha saído com os governos do PT. O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário usa os artifícios de irregularidades para cancelar e bloquear mais de 1,136 milhão de famílias do programa social. 469 mil foram cancelados e 667 mil foram bloqueados pelo governo Temer. Esses cancelamentos valem para o mês de novembro e a gestão federal pretende ficar com mais de R$ 1,024 bilhão – valor relacionado ao pagamento do Bolsa Família. São esses tipos de ações que estão fazendo economia para entregar as riquezas do país e ajudar os correligionários em 'tenebrosas transações'", dispara Valmir.

De acordo com informações do governo federal, as famílias que tiveram o benefício bloqueado têm até três meses para comprovar que cumprem os requisitos do programa para voltar a receber os valores. O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário ainda chamou 1,4 milhão de famílias para fazer atualização cadastral em janeiro de 2017.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247