Brasileiros comem o quarto Big Mac mais caro do mundo

Revista The Economist revela comparativo dos preos do sanduche ao redor do mundo e mostra que o Brasil, no quesito preo salgado, est atrs apenas da Sua, Noruega e Sucia

Brasileiros comem o quarto Big Mac mais caro do mundo
Brasileiros comem o quarto Big Mac mais caro do mundo (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Beatriz Braga_PE247 - Além de matar a fome de milhões de pessoas todos os dias, o sanduíche mais famoso do mundo, o Big Mac, serve também para avaliar a situação das moedas em comparação ao dólar. No caso do Brasil, o índice detectou uma provável sobrevalorização do real, já que os brasileiros ocupam a quarta posição dos que pagam mais caro pelo sanduba.

A pesquisa foi realizada pela revista britânica The Economist e mostrou que o Big Mac brasileiro custa, em média, US$ 5,68 ou R$ 10,25. O preço é 35% mais alto que na “hometown” do sanduíche, os Estados Unidos, que vende a U$ 4,20 ou cerca de R$ 7,50.

A Suíça está no topo do ranking, com valorização de 62% em relação ao exemplar americano, custando US$ 6,81. No segundo e terceiro lugar aparecem Noruega (US$ 6,79) e Suécia (US$ 5,91), respectivamente.

Mesmo com os índices salgados, a última pesquisa, feita em julho do ano passado, apontava que o preço do sanduíche estava 9,4% maior que o deste ano. Em último lugar da lista, aparece a Índia, que vende o similar do Big Mac (o Maharaja Mac é uma reinvenção indiana, feita de frango) pelo menor preço do mundo, US$ 1,62.

Muito embora o índice não sirva para projeções oficiais, a pesquisa é reconhecida por ser uma análise alternativa e razoável da paridade dos preços em diferentes países, uma vez que os dois hambúrgueres, cebola, picles, pão e gergelim apresentam custos similares nas diferentes partes do mundo.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email