Brasília: Marconi é cotado na disputa presidencial

No Jornal de Brasília, colunista Gilberto Amaral diz que o nome do governador goiano é o mais comentado para o Planalto em 2018 nas conversas de bastidores; Marconi Perillo é avaliado como bom gestor, além de possuir ascendência na região Centro-Oeste, diz o jornalista; neste ano, Marconi ganhou mais protagonismo ao virar presidente do Consórcio Brasil Central e liderar agenda de reivindicações dos estados do Centro-Norte; tucano também foi o principal interlocutor dos estados na renegociação das dívidas com o governo interino de Michel Temer

No Jornal de Brasília, colunista Gilberto Amaral diz que o nome do governador goiano é o mais comentado para o Planalto em 2018 nas conversas de bastidores; Marconi Perillo é avaliado como bom gestor, além de possuir ascendência na região Centro-Oeste, diz o jornalista; neste ano, Marconi ganhou mais protagonismo ao virar presidente do Consórcio Brasil Central e liderar agenda de reivindicações dos estados do Centro-Norte; tucano também foi o principal interlocutor dos estados na renegociação das dívidas com o governo interino de Michel Temer
No Jornal de Brasília, colunista Gilberto Amaral diz que o nome do governador goiano é o mais comentado para o Planalto em 2018 nas conversas de bastidores; Marconi Perillo é avaliado como bom gestor, além de possuir ascendência na região Centro-Oeste, diz o jornalista; neste ano, Marconi ganhou mais protagonismo ao virar presidente do Consórcio Brasil Central e liderar agenda de reivindicações dos estados do Centro-Norte; tucano também foi o principal interlocutor dos estados na renegociação das dívidas com o governo interino de Michel Temer (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O Jornal de Brasília, um dos principais veículos de comunicação da capital federal, afirma na edição desta quarta-feira (29) que o governador Marconi Perillo é a principal aposta das rodas políticas para a sucessão presidencial de 2018. Na nota principal de sua coluna diária, o jornalista Gilberto Amaral diz que "seria uma boa escolha para ser candidato em 18 um goiano, que no momento é o governador"

"Com tanta indecisão ainda faltando dois anos para as eleições, o nome de Perillo obteve a maior repercussão nas rodas políticas da capital", afirma Gilberto Amaral. Segundo ele, "seria também uma forma de gentileza, não obstante a capacidade administrativa de Marconi Perillo, que para tal missão tem todos os méritos para trocar o Palácio das Esmeraldas pelo Planalto"

O colunista destaca a ascendência nacional da liderança de Marconi afirma que o governador de Goiás o líder natural da Região Centro-Oeste, numa referência ao Consórcio Brasil Central, formado ainda pelos Estados de Rondônia e do Tocantins, da Região Norte. "Numa análise fria e sem intenções, mas a bem da verdade, todos elogiam a administração de Perillo", afirma. "Ele (Marconi) exerece uma liderança natural no Centro-Oeste e muita água vai rolar até 2018", diz, para concluir que, "no momento, o que se ouve é Perillo nas ondas do mar".

Leia a íntegra das notas sobre o assunto na coluna de Gilberto Amaral publicada nesta quarta-feira, 26 de junho:

Pensando em 18
Jamais pensei que um comentário político publicado nesta coluna fosse ganhar tanta repercussão como a de dias atrás. Apesar de estarmos vivendo um momento difícil no país, tanto na política como na economia, já se fala em sucessão em 2018, ainda mais agora que o presidente Michel Temer foi claro no programa do Roberto D’Ávila, de que não pretende ser candidato à reeleição depois do fim de seu mandato.

A pergunta fica no ar!
Quem será? I
No meu artigo falei sobre a escolha do estado de Goiás para ser a capital do Brasil, uma vez que Israel Pinheiro queria que fosse no triângulo mineiro. E que seria uma boa escolha para ser candidato em 18 um goiano, que no momento é o governador. Seria também uma forma de gentileza, não obstante a capacidade administrativa de Marconi Perillo, que para tal missão tem todos os méritos para trocar o Palácio das Esmeraldas pelo Planalto.

A pergunta fica no ar!
Quem será? II
Com tanta indecisão ainda faltando dois anos para as eleições, o nome de Perillo obteve a maior repercussão nas rodas políticas da capital. Numa análise fria e sem intenções, mas a bem da verdade, todos elogiam a administração de Perillo. Ele exerce uma liderança natural no Centro Oeste e muita água vai rolar até 2018. No momento, o que se ouve é Perillo nas ondas do mar.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247