Bruno Covas cita Marconi como um dos nomes do PSDB para o Planalto

O vice-prefeito de São Paulo, Bruno Covas, falou sobre os nomes do PSDB para a disputa presidencial de 2018; o neto de Mário Covas citou o governador de Goiás, Marconi Perillo, como um dos "nomes excelentes" do partido para o pleito; Marconi tem hoje posição de destaque entre os cardeais tucanos; goiano é governador pela quarta vez e virou um aliado de primeira hora do governador Geraldo Alckmin; nas últimas semanas, falou-se nos bastidores numa chapa puro sangue do PSDB para a presidência da República, com Alckmin na cabeça de chapa e Marconi de vice

O vice-prefeito de São Paulo, Bruno Covas, falou sobre os nomes do PSDB para a disputa presidencial de 2018; o neto de Mário Covas citou o governador de Goiás, Marconi Perillo, como um dos "nomes excelentes" do partido para o pleito; Marconi tem hoje posição de destaque entre os cardeais tucanos; goiano é governador pela quarta vez e virou um aliado de primeira hora do governador Geraldo Alckmin; nas últimas semanas, falou-se nos bastidores numa chapa puro sangue do PSDB para a presidência da República, com Alckmin na cabeça de chapa e Marconi de vice
O vice-prefeito de São Paulo, Bruno Covas, falou sobre os nomes do PSDB para a disputa presidencial de 2018; o neto de Mário Covas citou o governador de Goiás, Marconi Perillo, como um dos "nomes excelentes" do partido para o pleito; Marconi tem hoje posição de destaque entre os cardeais tucanos; goiano é governador pela quarta vez e virou um aliado de primeira hora do governador Geraldo Alckmin; nas últimas semanas, falou-se nos bastidores numa chapa puro sangue do PSDB para a presidência da República, com Alckmin na cabeça de chapa e Marconi de vice (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O vice-prefeito de São Paulo, Bruno Covas, falou sobre os nomes do PSDB para a disputa presidencial de 2018, em entrevista ao site da revista Veja. O neto de Mário Covas citou o governador de Goiás, Marconi Perillo, como um dos "nomes excelentes" do partido para o pleito.

"É natural que queira enfrentar cada vez desafios maiores, mas eu conheço o meu tamanho e sei que certamente não seria para 2018. Se chegar um bom momento, quem dera, mas hoje sou candidato a fazer um bom trabalho como vice-prefeito. Hoje o partido tem, além dos nomes mais citados, excelentes governadores como Marconi Perillo (GO) e Beto Richa (PR), ministros como Bruno Araújo (Cidades), líderes na Câmara e no Senado como Carlos Sampaio (SP), Antonio Imbassahy (BA), o Cássio Cunha Lima (PB). Nomes excelentes que poderiam representar o PSDB numa disputa nacional", disse Covas.

Marconi tem hoje posição de destaque entre os cardeais tucanos. O goiano é governador pela quarta vez e virou um aliado de primeira hora do governador Geraldo Alckmin. Nas últimas semanas, falou-se nos bastidores numa chapa puro sangue do PSDB para a presidência da República, com Alckmin na cabeça de chapa e Marconi de vice.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247