Cai quadrilha especializada em roubo e desmanche de veículos

Polícia Civil deflagrou nesta segunda-feira (20), a operação "Doutores do Crime", que desarticulou uma associação criminosa suspeita de roubos e desmanches de veículos; de acordo com as investigações, o grupo comercializava as peças dos carros roubados na Vila Canaã, em Goiânia; Paulo Henrique de Almeida Silva, de 27 anos – chefe do grupo - , determinava quais veículos deveriam ser roubados, fornecia armas de fogo e levava os assaltantes até os locais onde os crimes eram cometidos; após os roubos, os carros eram levados para sua oficina

Polícia Civil deflagrou nesta segunda-feira (20), a operação "Doutores do Crime", que desarticulou uma associação criminosa suspeita de roubos e desmanches de veículos; de acordo com as investigações, o grupo comercializava as peças dos carros roubados na Vila Canaã, em Goiânia; Paulo Henrique de Almeida Silva, de 27 anos – chefe do grupo - , determinava quais veículos deveriam ser roubados, fornecia armas de fogo e levava os assaltantes até os locais onde os crimes eram cometidos; após os roubos, os carros eram levados para sua oficina
Polícia Civil deflagrou nesta segunda-feira (20), a operação "Doutores do Crime", que desarticulou uma associação criminosa suspeita de roubos e desmanches de veículos; de acordo com as investigações, o grupo comercializava as peças dos carros roubados na Vila Canaã, em Goiânia; Paulo Henrique de Almeida Silva, de 27 anos – chefe do grupo - , determinava quais veículos deveriam ser roubados, fornecia armas de fogo e levava os assaltantes até os locais onde os crimes eram cometidos; após os roubos, os carros eram levados para sua oficina (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), deflagrou nesta segunda-feira (20), a operação "Doutores do Crime", que desarticulou uma associação criminosa suspeita de roubos e desmanches de veículos. De acordo com as investigações, o grupo comercializava as peças dos carros roubados na Vila Canaã, em Goiânia.

Foram detidos Paulo Henrique de Almeida Silva, de 27 anos – chefe do grupo -, Adilson Borges de Carvalho, de 29, Damião Nunes de Santana, 35, Rafael Alves de Almeida, 20, e Alexandre Machado de Oliveira,21. Os dois últimos foram reconhecidos por donos dos veículos roubados.

Paulo Henrique determinava quais veículos deveriam ser roubados, fornecia armas de fogo e levava os assaltantes até os locais onde os crimes eram cometidos. Após os roubos, os carros eram levados para sua oficina.

Segundo o delegado José Antônio de Podestá, Paulo se intitulava como “Cirurgião do Crime”, por ser o ‘cortador’ de veículos com precisão cirúrgica e pela experiência que ele tinha em desmanche. “Ele conseguia desmanchar um carro em apenas um dia. Tudo feito para as peças não tivessem nenhum estrago”, explica.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247