Caiado diz que vai participar de protesto em SP

Senador confirma que estará nas ruas de São Paulo para manifestar contra o governo da presidente Dilma Rousseff; "Estou em São Paulo para fazer exames e três dos meus quatro filhos vivem aqui. Vou com a minha família exercer nossa cidadania. Acredito que será uma manifestação pacífica e bonita. E em Goiás não será diferente"

caiado
caiado (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O senador goiano Ronaldo Caiado (DEM) confirmou presença nos protestos do próximo domingo. Caiado afirmou que vai acompanhado de sua esposa Gracinha Caiado e filhos às manifestações em São Paulo, onde está passando por exames pós-operatórios. Recentemente, o parlamentar passou por cirurgia para retirada da vesícula biliar.

Esta semana, Caiado foi a Brasília para votar pela derrubada do veto da presidente Dilma à alíquota de 6,5% do imposto de renda e retornou à São Paulo.

"Estou em São Paulo para fazer exames e três dos meus quatro filhos vivem aqui. Vou com a minha família exercer nossa cidadania. Acredito que será uma manifestação pacífica e bonita. E em Goiás não será diferente. O povo goiano cansou do desdém que o Planalto tem com o nosso estado".

O senador ressaltou que o movimento é popular, sem apoio de partidos e autônomo. "Não vou como político". O senador solicitou ontem, por meio de ofício ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que a segurança de todos os manifestantes no País seja garantida. "Não podemos admitir que o MST, o exército de Lula, ataque manifestantes pacíficos que são contra a corrupção desse governo", disse.

Caiado também afirmou que todo brasileiro se sente enganado, traído, responsabilizado pelos malfeitos e corrupção do governo do PT. "Indignação de uma população que há poucos dias ouvia que o governo estava às mil maravilhas e que nós não teríamos problema algum. Hoje, depois de dois meses, assistimos ao maior aumento da carga tributária, da energia elétrica, de combustíveis; retirada de direitos trabalhistas, escândalo de destruição da Petrobras, da Caixa Econômica federal, BNDES, fundos de pensão. O Brasil todo desintegrando por causa de um desgoverno que se preocupa apenas em se manter no poder", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247