Caiado vê DEM perder prefeitos para o PSDB

Partido do senador Ronaldo Caiado elegeu apenas 10 prefeitos em 2016 em Goiás; número vai ficar ainda menor; o prefeito reeleito de Hidrolândia, Paulo Sérgio (Paulinho), vai trocar o DEM pelo PSDB agora no começo de 2017; "Não posso ficar com os pés nas duas canoas. Continuo na base pela boa relação com o governador", diz o prefeito; este é o grande empecilho para Caiado pavimentar sua candidatura ao governo em 2018; DEM é hoje um partido praticamente extinto em Goiás e a maior parte de seus integrantes apoia Marconi

Partido do senador Ronaldo Caiado elegeu apenas 10 prefeitos em 2016 em Goiás; número vai ficar ainda menor; o prefeito reeleito de Hidrolândia, Paulo Sérgio (Paulinho), vai trocar o DEM pelo PSDB agora no começo de 2017; "Não posso ficar com os pés nas duas canoas. Continuo na base pela boa relação com o governador", diz o prefeito; este é o grande empecilho para Caiado pavimentar sua candidatura ao governo em 2018; DEM é hoje um partido praticamente extinto em Goiás e a maior parte de seus integrantes apoia Marconi
Partido do senador Ronaldo Caiado elegeu apenas 10 prefeitos em 2016 em Goiás; número vai ficar ainda menor; o prefeito reeleito de Hidrolândia, Paulo Sérgio (Paulinho), vai trocar o DEM pelo PSDB agora no começo de 2017; "Não posso ficar com os pés nas duas canoas. Continuo na base pela boa relação com o governador", diz o prefeito; este é o grande empecilho para Caiado pavimentar sua candidatura ao governo em 2018; DEM é hoje um partido praticamente extinto em Goiás e a maior parte de seus integrantes apoia Marconi (Foto: José Barbacena)

Goiás 24Horas - O DEM, do senador Ronaldo Caiado, elegeu apenas 10 prefeitos em 2016 em Goiás. Este número vai ficar ainda menor. O prefeito reeleito de Hidrolândia, Paulo Sérgio (Paulinho), vai trocar o DEM pelo PSDB agora no começo de 2017.

Ao jornal O Hoje, Paulinho afirmou: “Não posso ficar com os pés nas duas canoas”, disse na coluna Xadrez. Ele disse ainda: “Continuo na base pela boa relação com o governador”.

Mais prefeitos podem deixar o DEM e migrar para partidos da base. Este é o grande empecilho para Caiado pavimentar sua candidatura ao governo em 2018. O DEM é hoje um partido praticamente extinto em Goiás e a maior parte de seus integrantes apoia Marconi.

Para Caiado sonhar com algo maior, teria que se filiar ao PMDB de Iris Rezende, o que é uma missão quase impossível.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247