Câmara aprova reajuste salarial e auxílio-saúde para servidores

Os vereadores de Salvador aprovaram ontem (6) em sessão ordinária o reajuste salarial de 6,75% para os servidores da Câmara Municipal e o auxílio-saúde no valor de até R$ 250 para os servidores efetivos da ativa; "Este foi um compromisso que assumi com os funcionários, pois não adianta a gente ter uma Casa organizada se os servidores não estiverem satisfeitos e valorizados", disse o presidente da Casa, vereador Paulo Câmara

Os vereadores de Salvador aprovaram ontem (6) em sessão ordinária o reajuste salarial de 6,75% para os servidores da Câmara Municipal e o auxílio-saúde no valor de até R$ 250 para os servidores efetivos da ativa; "Este foi um compromisso que assumi com os funcionários, pois não adianta a gente ter uma Casa organizada se os servidores não estiverem satisfeitos e valorizados", disse o presidente da Casa, vereador Paulo Câmara
Os vereadores de Salvador aprovaram ontem (6) em sessão ordinária o reajuste salarial de 6,75% para os servidores da Câmara Municipal e o auxílio-saúde no valor de até R$ 250 para os servidores efetivos da ativa; "Este foi um compromisso que assumi com os funcionários, pois não adianta a gente ter uma Casa organizada se os servidores não estiverem satisfeitos e valorizados", disse o presidente da Casa, vereador Paulo Câmara (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Os vereadores de Salvador aprovaram ontem (6) em sessão ordinária o reajuste salarial de 6,75% para os servidores da Câmara Municipal e o auxílio-saúde no valor de até R$ 250 para os servidores efetivos da ativa.

"Este foi um compromisso que assumi com os funcionários, pois não adianta a gente ter uma Casa organizada se os servidores não estiverem satisfeitos e valorizados", disse o presidente da Casa, vereador Paulo Câmara (PSDB) - foto.

Os projetos foram fruto de acordo com a Associação dos Servidores da Câmara (Ascam). Segundo o presidente da entidade, Sidelmar Castro, foi uma agenda positiva para os trabalhadores:

"O percentual de reajuste será pago de uma só vez e já agora em maio. Quanto ao auxílio-saúde é uma luta que travamos há cerca de 15 anos".

Além dos projetos de interesse dos servidores da Casa, os vereadores aprovaram também 125 projetos considerados não-polêmicos, todos de autoria legislativa.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247