Câmara dá ultimato a Maluf: renúncia ou cassação

A Mesa Diretora da Câmara determinou que o deputado Paulo Maluf (PP-SP) deverá decidir até esta quarta-feira (22) se renuncia ou não ao seu mandato; caso ele opte por não renunciar, ele terá o mandato cassado; parlamentar vem sendo aconselhado a enunciar para evitar um desgaste ainda maior no caso de judicializar a questão

Câmara dá ultimato a Maluf: renúncia ou cassação
Câmara dá ultimato a Maluf: renúncia ou cassação (Foto: Gustavo Lima / Câmara dos Deputados)

São Paulo 247 - A Mesa Diretora da Câmara determinou que o deputado Paulo Maluf (PP-SP) deverá decidir até esta quarta-feira (22) se renuncia ou não ao seu mandato. Caso ele opte por não renunciar, ele terá o mandato cassado. Maluf foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a uma pena de 7,9 anos de prisão pelo crime de lavagem de dinheiro, além da perda do mandato.

A expectativa é que Maluf faça sua renúncia por meio de carta encaminhada à Mesa Diretora. O parlamentar vem sendo aconselhado a enunciar para evitar um desgaste ainda maior no caso de judicializar a questão.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247