Câmara volta a convocar secretária da Saúde da Capital

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal de Goiânia que investiga irregularidades na Saúde municipal convocou outra vez a responsável pela pasta, Fátima Mrué; depoimento da secretária está marcado para reunião da próxima quinta-feira (21), às 14 horas; essa é a terceira vez que a chefe da pasta é convocada pela CEI para prestar depoimento; na reunião, ele deve responder sobre a possibilidade de fechamento do Cais Finsocial e denúncias de superfaturamento na manutenção de ambulâncias

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal de Goiânia que investiga irregularidades na Saúde municipal convocou outra vez a responsável pela pasta, Fátima Mrué; depoimento da secretária está marcado para reunião da próxima quinta-feira (21), às 14 horas; essa é a terceira vez que a chefe da pasta é convocada pela CEI para prestar depoimento; na reunião, ele deve responder sobre a possibilidade de fechamento do Cais Finsocial e denúncias de superfaturamento na manutenção de ambulâncias
A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal de Goiânia que investiga irregularidades na Saúde municipal convocou outra vez a responsável pela pasta, Fátima Mrué; depoimento da secretária está marcado para reunião da próxima quinta-feira (21), às 14 horas; essa é a terceira vez que a chefe da pasta é convocada pela CEI para prestar depoimento; na reunião, ele deve responder sobre a possibilidade de fechamento do Cais Finsocial e denúncias de superfaturamento na manutenção de ambulâncias (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal de Goiânia que investiga irregularidades na Saúde municipal convocou outra vez a responsável pela pasta, Fátima Mrué. O depoimento da secretária está marcado para reunião da próxima quinta-feira (21), às 14 horas. 

Além da secretária Fátima Mrué, também estão convocados o representante da empresa Útil Pneus Peças e Serviços, Carlos Roberto Valadão; o supervisor de transportes da secretaria da Saúde, Wilson Rodrigues de Oliveira e o gerente de transportes da secretaria, Maxilania Clemente Costa.

Esta é a terceira vez que a chefe da pasta é convocada pela CEI para prestar depoimento. Na reunião, ele deve responder sobre a possibilidade de fechamento do Cais Finsocial e denúncias de superfaturamento na manutenção de ambulâncias.

Além disso, os servidores da Saúde ameaçam greve em Goiânia. Movimento encabeçado pelo Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde de Goiás (Sindisaúde) faz mobilizações desde a semana passada e tem assembleia com indicativo de greve marcada para o próximo dia 8 de março.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247