Campanha arrecada recursos para filme sobre a mais antiga associação civil negra do Brasil

Sociedade Protetora dos Desvalidos (SPD), instituição detentora de uma parcela importante da história e memória negra do Brasil, recebe apoio para um documentário

www.brasil247.com -


247 - Uma campanha virtual arrecada verba para a produção de um documentário sobre a Sociedade Protetora dos Desvalidos - SPD, instituição detentora de uma parcela importante da história e memória negra do Brasil. A campanha “SPD 190 ANOS – EU FAÇO PARTE DESSA HISTÓRIA” segue no ar até o dia 3 de junho por meio da plataforma Benfeitoria.

Espaço aberto à visitação no Pelourinho, Salvador (BA), a SPD é a mais antiga associação civil negra do país e representa um território de riqueza imaterial, tendo testemunhando: revoltas, articulações, estratégias e com sua atuação histórica e política enquanto associação de ajuda mútua, na garantia da sobrevivência de muitos trabalhadores e trabalhadoras, negros e negras na época do regime de escravidão.

Durante toda a campanha, artistas, historiadores, parlamentares, lideranças e ativistas dos movimentos sociais e demais membros da sociedade civil têm lançado declarações de apoio, com um grande repercussãol, reafirmando a necessidade da produção de um filme que conte e preserve essa parte da memória do povo negro. A campanha já obteve até o momento mais 200 colaboradores e um alcance de 75 mil visualizações nas redes sociais, porém ainda precisa de mais contribuições financeiras para atingir o orçamento total do filme, no valor de 390 mil reais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A campanha nasceu com objetivo de contar a história da SPD num filme documentário, sobre como a entidade desempenhou um papel de grande importância para garantir a sobrevivência de gerações de africanos e afrodescendentes no Brasil, atuando como caixa de empréstimos e penhores, comprando cartas de alforria, apoiando na doença, na invalidez, na velhice e ainda na garantia de um funeral digno.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O filme sobre a SPD será produzido pela PORTFOLIUM e dirigido por Antonio Olavo, cineasta que trabalha com temas ligados à valorização da memória negra, e já dirigiu sete filmes longas-metragens, entre eles: "Paixão e Guerra no Sertão de Canudos" (1993); "Quilombos da Bahia' (2004); 'Abdias Nascimento Memória Negra" (2008); "A Cor do Trabalho" (2014) e "1798 Revolta dos Búzios". Dirigiu também uma série para TV denominada "Travessias Negras" (2017).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A iniciativa possui diferentes eixos de captação de recursos. O primeiro é através do Livro de Ouro, com contribuição mínima de R$ 1.000,00 e que oferece como contrapartida social a inserção do nome dos assinantes nos créditos iniciais do filme. O segundo eixo é a chamada vaquinha online, que se dá através da plataforma Benfeitoria, onde é possível apoiar a realização do filme com qualquer quantia.

Para participar da campanha, clique aqui e acesse o site da benfeitoria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ou, através do Pix, com qualquer valor. Chave: [email protected]

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email