Campos busca apoio junto à classe artística

Presidenciável pelo PSB participou de um jantar com artistas e produtores culturais na noite desta terça-feira 3, no Rio, quando pediu ajuda para mobilizar a sociedade em torno das eleições; Eduardo Campos acusou o governo de querer esvaziar a participação popular em torno do debate eleitoral; "Há um esforço de quem está no poder para que a sociedade não participe, para que a juventude ache que não vale a pena. Antes da ajuda, do voto, do engajamento, precisamos de ajuda para chamar a sociedade para o debate", afirmou

Presidenciável pelo PSB participou de um jantar com artistas e produtores culturais na noite desta terça-feira 3, no Rio, quando pediu ajuda para mobilizar a sociedade em torno das eleições; Eduardo Campos acusou o governo de querer esvaziar a participação popular em torno do debate eleitoral; "Há um esforço de quem está no poder para que a sociedade não participe, para que a juventude ache que não vale a pena. Antes da ajuda, do voto, do engajamento, precisamos de ajuda para chamar a sociedade para o debate", afirmou
Presidenciável pelo PSB participou de um jantar com artistas e produtores culturais na noite desta terça-feira 3, no Rio, quando pediu ajuda para mobilizar a sociedade em torno das eleições; Eduardo Campos acusou o governo de querer esvaziar a participação popular em torno do debate eleitoral; "Há um esforço de quem está no poder para que a sociedade não participe, para que a juventude ache que não vale a pena. Antes da ajuda, do voto, do engajamento, precisamos de ajuda para chamar a sociedade para o debate", afirmou (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - O presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, pediu ajuda à classe artística para mobilizar a sociedade em torno das eleições deste ano. Campos, que participou de um jantar com artistas e produtores culturais, na noite desta terça-feira (3), no Rio de Janeiro, acusou o governo de querer esvaziar a participação popular em torno do debate eleitoral.

"Há um esforço de quem está no poder para que a sociedade não participe, para que a juventude ache que não vale a pena. Antes da ajuda, do voto, do engajamento, precisamos de ajuda para chamar a sociedade para o debate", afirmou o socialista.

Para Campos, o país vive uma "bolha de consumo" e caminha por uma trilha perigosa. "O Brasil está num caminho muito perigoso para a democracia, a economia, para a vida dos mais pobres, que conquistaram quase nada", disse durante o jantar Pernambuco. "Temos que salvar as conquistas daqueles que subiram minimamente", completou.

O jantar, realizado em restaurante do Jockey Clube, na zona sul carioca, foi organizado pelo diretor de cinema e televisão Guel Arraes, tio de Campos, e reuniu cerca de cem pessoas. Dentre os participantes do evento, estavam o cantor Alceu Valença, Marcos Palmeira e Marco Nanini.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247