Campos vê cunho político em denúncias

Governador de Pernambuco e potencial candidato à Presidência, Eduardo Campos diz que as denúncias de superfaturamento em contratos para a informatização de escolas públicas estaduais, veiculadas neste final de semana pela Folha de S.Paulo, são fruto de “interesse político”; "O importante é esclarecer o que está sendo levantado. Não vamos desqualificar o que está sendo colocado, mas teremos atenção de explicar à sociedade. Agora, ninguém aqui é inocente para achar que não tem interesse político", disse

Campos vê cunho político em denúncias
Campos vê cunho político em denúncias
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – O governador de Pernambuco e potencial candidato à Presidência da República pelo PSB em 2014, Eduardo Campos, disse que as denúncias de superfaturamento em contratos para a informatização de escolas públicas estaduais, veiculadas neste final de semana pela Folha de São Paulo, são fruto de “interesse político” sobre o caso. "O importante é esclarecer o que está sendo levantado. Não vamos desqualificar o que está sendo colocado, mas teremos atenção de explicar à sociedade. Agora, ninguém aqui é inocente para achar que não tem interesse político", afirmou Campos.

De acordo com a Folha de São Paulo, a Polícia Federal pediu ao Ministério Público a abertura de investigação acerca dos contratos entre o Governo do Estado e a empresa Ideia Digital. Segundo a matéria, foram celebrados três contratos que somam R$ 77,5 milhões, sendo que R$ 51,2 milhões foram efetivamente pagos.  O  pagamento referente ao terceiro contrato foi suspenso em função da suspeita de irregularidades. O caso também se estende à gestão do governador da paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), que também é investigado.

O Governo do Estado informou, em nota, que executou dois contratos e suspendeu o último. A nota também informa que que foi aberta uma investigação interna, que está em sua fase final, e que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) também apura o caso através de auditoria.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247