Candidatura não vinga e Caiado desiste do Planalto

Depois de fazer estardalhaço e participar da Lavagem do Senhor do Bonfim, em Salvador, garantindo que seria candidato a presidente do Brasil, o senador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou esta semana que seu principal projeto é concorrer ao governo de Goiás em 2018; parlamentar revelou que a partir de 13 de fevereiro começa a liderar encontros regionais do DEM no Estado para fortalecer o projeto; em Goiás, o projeto caiadista dependerá de uma aliança forte com o PMDB; problema é que o PMDB, via deputado federal Daniel Vilela, se manifestou ontem dizendo que terá candidatura própria ao governo, deixando claro que não irá apoiar Caiado

Depois de fazer estardalhaço e participar da Lavagem do Senhor do Bonfim, em Salvador, garantindo que seria candidato a presidente do Brasil, o senador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou esta semana que seu principal projeto é concorrer ao governo de Goiás em 2018; parlamentar revelou que a partir de 13 de fevereiro começa a liderar encontros regionais do DEM no Estado para fortalecer o projeto; em Goiás, o projeto caiadista dependerá de uma aliança forte com o PMDB; problema é que o PMDB, via deputado federal Daniel Vilela, se manifestou ontem dizendo que terá candidatura própria ao governo, deixando claro que não irá apoiar Caiado
Depois de fazer estardalhaço e participar da Lavagem do Senhor do Bonfim, em Salvador, garantindo que seria candidato a presidente do Brasil, o senador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou esta semana que seu principal projeto é concorrer ao governo de Goiás em 2018; parlamentar revelou que a partir de 13 de fevereiro começa a liderar encontros regionais do DEM no Estado para fortalecer o projeto; em Goiás, o projeto caiadista dependerá de uma aliança forte com o PMDB; problema é que o PMDB, via deputado federal Daniel Vilela, se manifestou ontem dizendo que terá candidatura própria ao governo, deixando claro que não irá apoiar Caiado (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Depois de fazer estardalhaço e participar da Lavagem do Senhor do Bonfim, em Salvador, garantindo que seria candidato a presidente do Brasil, o senador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou esta semana que seu principal projeto é concorrer ao governo de Goiás em 2018. O parlamentar revelou que a partir de 13 de fevereiro começa a liderar encontros regionais do DEM no Estado para fortalecer o projeto.

Representante da direita radical, Caiado praticamente rompeu com Michel Temer e assumiu postura independente em relação ao governo federal; diferente do DEM, que continua na base governista. Dentro do partido, a candidatura à presidência da República não empolgou e os caciques do DEM veem mais potencial no prefeito de Salvador, ACM Neto.

Em Goiás, o projeto caiadista dependerá de uma aliança forte com o PMDB. Hoje, o senador é parceiro do partido de Iris Rezende e vislumbra este apoio para o governo. O problema é que o PMDB, via deputado federal Daniel Vilela, se manifestou ontem dizendo que terá candidatura própria ao governo, deixando claro que não irá apoiar Caiado.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247