Capitão Wagner costura apoio do Pros para disputar Governo

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) esteve em Brasília, na última semana, para articular apoio em torno do seu nome na disputa pelo Governo do Estado em 2018. Um eventual acordo pode fazer com que o partido deixe a base de apoio à reeleição do governador Camilo Santana (PT)

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) esteve em Brasília, na última semana, para articular apoio em torno do seu nome na disputa pelo Governo do Estado em 2018. Um eventual acordo pode fazer com que o partido deixe a base de apoio à reeleição do governador Camilo Santana (PT)
O deputado estadual Capitão Wagner (PR) esteve em Brasília, na última semana, para articular apoio em torno do seu nome na disputa pelo Governo do Estado em 2018. Um eventual acordo pode fazer com que o partido deixe a base de apoio à reeleição do governador Camilo Santana (PT) (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - Em busca de apoio para viabilizar sua candidatura ao Governo em 2018, o deputado estadual Capitão Wagner (PR) esteve em Brasília, na última semana, em conversa com a executiva nacional do Pros. 

A articulação de Wagner, que chegou ao segundo turno na disputa pela Prefeitura de Fortaleza, pode fazer com que a sigla, hoje comandada no Estado pelo advogado Leandro Vasques, saia da base de apoio à reeleição do governador Camilo Santana (PT). Além disso, o Pros teria um outro nome de seus quadros pleiteando umas das vagas de senador.

Além de Wagner, o Pros do Ceará pode ganhar ainda um deputado federal, Vaidon, hoje no DEM.

(Com informações do Blog do Eliomar) 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email