Capitão Wagner debate criação de Comitê de Direitos Humanos para Policiais

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) reuniu-se com o Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro, na capital fluminense, para discutir a criação do Comitê de Direitos Humanos para Policiais em todo o Brasil. Segundo o parlamentar, o órgão terá como pilar a salvaguarda de todo e qualquer direito cerceado do policial que seja inerente à sua função de profissional e à sua condição de pessoa humana

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) reuniu-se com o Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro, na capital fluminense, para discutir a criação do Comitê de Direitos Humanos para Policiais em todo o Brasil. Segundo o parlamentar, o órgão terá como pilar a salvaguarda de todo e qualquer direito cerceado do policial que seja inerente à sua função de profissional e à sua condição de pessoa humana
O deputado estadual Capitão Wagner (PR) reuniu-se com o Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro, na capital fluminense, para discutir a criação do Comitê de Direitos Humanos para Policiais em todo o Brasil. Segundo o parlamentar, o órgão terá como pilar a salvaguarda de todo e qualquer direito cerceado do policial que seja inerente à sua função de profissional e à sua condição de pessoa humana (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - Cumprindo agenda no Rio de Janeiro, o deputado estadual Capitão Wagner (PR) reuniu-se com o presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro (SSDPF/RJ), Luiz Carlos Cavalcante, e com a agente da Polícia Federal e ex-membro da diretoria da Fenapef, Lilia Vogel. 

A pauta principal da conversa foi a criação do Comitê de Direitos Humanos para Policiais em todo o Brasil. O comitê terá como pilar a salvaguarda de todo e qualquer direito cerceado do policial que seja inerente a sua função de profissional de segurança pública e a sua condição de pessoa humana que serve e protege a sociedade. 

De acordo com o projeto, os familiares dos policias também estarão amparados, “pois são o alicerce para que os policiais tenham tranquilidade para irem às ruas e garantirem a segurança da população”. O comitê terá também o compromisso de mostrar à sociedade a importância de polícia e população caminharem juntos em benefício da segurança de todos.

As condições de trabalho, habitação e representação política também foram assuntos do encontro. Segundo o parlamentar, o SSDPF/RJ está disposto a apoiar todos os profissionais de segurança do Brasil, em todas as causas. “Estamos unindo forças a favor dos profissionais de segurança”, disse Wagner.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247