Cartões avançam

Transações com cartões de crédito e débito devem crescer 17,1% em 2014, estima Abecs; operações no cartão devem alcançar R$ 1 trilhão no ano

Transações com cartões de crédito e débito devem crescer 17,1% em 2014, estima Abecs; operações no cartão devem alcançar R$ 1 trilhão no ano
Transações com cartões de crédito e débito devem crescer 17,1% em 2014, estima Abecs; operações no cartão devem alcançar R$ 1 trilhão no ano (Foto: Ana Pupulin)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do Infomoney - As transações com cartões de crédito e débito devem alcançar R$ 1 trilhão em 2014, o que representará um crescimento de 17,1% em relação ao valor transacionado no ano passado, de acordo com projeções da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) divulgadas nesta quarta-feira (19).

De acordo com a associação, as transações devem ser aceleradas pela contínua substituição de meios de pagamento por parte de consumidores e estabelecimentos comerciais, que cada vez mais optam por usar o instrumento eletrônico, e ao aumento da renda do brasileiro.

No balanço consolidado de 2013, os cartões registraram R$ 853 bilhões em volume transacionado, o que corresponde a um crescimento de 17,8% em relação a 2012.

Os cartões de crédito registraram R$ 553 bilhões, alta de 15,3%, e os cartões de débito, R$ 300 bilhões, representando alta de 22,5%).

Quando avaliada a quantidade de transações, as duas modalidades tiveram um total de 9,3 bilhões (alta de 14%). O crescimento foi de 11,6% em cartões de crédito e 16,4% em cartões de débito, totalizando, respectivamente, 4,5 bilhões e 4,8 bilhões de transações no ano.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email