Casos de chikungunya sobem quase seis vezes no estado em 2017

Até 30 de janeiro deste ano foram registrados 200 notificações de chikungunya em Minas Gerais - são casos confirmados e casos suspeitos; o número é quase seis vezes maior do que registrado no mesmo período de 2016, quando o estado tinha 36 notificações; em apenas uma semana, os casos quase dobraram; detalhe: concentração acontece em março e abril, quando foram registradas 92 e 91 casos, respectivamente. A situação pode piorar nos próximos meses; os dados foram divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES)

Aedes
Aedes (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - Até 30 de janeiro deste ano foram registrados 200 notificações de chikungunya em Minas Gerais - são casos confirmados e casos suspeitos. O número é quase seis vezes maior do que registrado no mesmo período de 2016, quando o estado tinha 36 notificações. Em apenas uma semana, os casos quase dobraram. Eram 107 notificações da doença em 27 de janeiro, número que subiu para 93 casos prováveis até 30 de janeiro. No ano passado, o estado teve 537 pessoas infectadas pela doença. Apenas este ano, já forma contabilizados 39,4% de todos os casos prováveis do ano passado. Detalhe: concentração acontece em março e abril, quando foram registradas 92 e 91 casos, respectivamente. A situação pode piorar nos próximos meses. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (31) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Em relação à dengue, foram registrados 4.647 casos prováveis da doença, o que representa um aumento de 88,2% em uma semana. Os números já são maiores que janeiro de 2012, e 2015, que tiveram, em janeiro, 2.340 e 4.536 casos prováveis, respectivamente. O dado também se aproxima de 2014, quando foram registrados 4.739 notificações. Ficou abaixo de 2016 e 2013, que tiveram 58.391 e 35.516 casos. 

No caso da febre pelo zika vírus, foram registrados 73 casos prováveis no estado este ano. No ano passado, foram 14.338 casos prováveis pela doença nos 12 meses. Em janeiro de 2016 foram 752 notificações. Em 2016 até esta quarta-feira, foram confirmados 1.098 casos da doença, de acordo com a SES.


Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247