CBF anuncia atendimento médico 'FIFA' no Brasileirão

Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresenta projeto-piloto para o atendimento médico no padrão Fifa dos jogadores que atuam na Série A do Brasileirão; ele entra em vigor já em 2013 e prevê a presença nos campos de um médico de emergência e mais três paramédicos, explicou José Luiz Runco, médico da Seleção Brasileira

CBF anuncia atendimento médico 'FIFA' no Brasileirão
CBF anuncia atendimento médico 'FIFA' no Brasileirão
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta quinta-feira um projeto-piloto para o atendimento médico dos jogadores que atuam na Série A do Brasileirão. O projeto entra em vigor já em 2013, e promete o padrão de atendimento Fifa. Isso prevê a presença nos campos, junto à mesa do quarto árbitro, de um médico de emergência e mais três paramédicos, explicou José Luiz Runco, médico da Seleção Brasileira e presidente da Comissão Nacional de Médicos de Futebol (CNMF).

"A CBF está preocupada com todos os aspectos de segurança nos estádios, no que diz respeito aos torcedores e, principalmente, aos jogadores, que são os maiores responsáveis pelo espetáculo futebol", explicou o presidente da CBF, José Maria Marin. "Nesse sentido, já vinha conversando com o doutor Runco para que seja adotada nas competições no país uma linha de atendimento médico universal, dentro do padrão FIFA", completou.

Segundo Runco, ainda serão definidos os estádios e os estados "em que essa metodologia será usada nos jogos do Brasileiro". "O fundamental é que, com essa metodologia, o jogador terá um atendimento de maneira mais rápida, adequada e de qualidade", destacou.

Essa e outras definições serão tema de discussão no IX Encontro Nacional de Médicos de Futebol, promovido pela CNMF, que será realizado nos dias 18, 19 e 20 de abril em Natal. "Esse encontro será muito importante. Nele, além da nova metodologia de atendimento médico, serão debatidas a adoção de um Prontuário Eletrônico Universal e várias questões pertinentes ao doping no futebol", concluiu o médico da seleção.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email