CCJ aprova decreto que suspende leilão de usinas da Cemig

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou, em votação simbólica, nesta quinta-feira, um projeto de decreto legislativo para suspender o leilão da véspera das quatro usinas da Cemig; decisão do colegiado ocorre um dia após o leilão das usinas de Miranda, Jaguara, São Simão e Volta Grande feito pela União, que arrecadou R$ 12,130 bilhões

Usina Hidrelétrica São Simão, Cemig
Usina Hidrelétrica São Simão, Cemig (Foto: José Barbacena)

Minas 247 - A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou, em votação simbólica, nesta quinta-feira, um projeto de decreto legislativo para suspender o leilão da véspera das quatro usinas da Cemig.

A decisão do colegiado ocorre um dia após o leilão das usinas de Miranda, Jaguara, São Simão e Volta Grande feito pela União, que arrecadou R$ 12,130 bilhões.

O projeto para sustar os efeitos do leilão é de autoria do deputado mineiro Patrus Ananias (PT) e foi o primeiro item da pauta de votação da CCJ, presidida pelo também mineiro Rodrigo Pacheco (PMDB).

O projeto suspende os efeitos de portarias que delegaram à Aneel e ao Ministério de Minas e Energia a realização do leilão de outorga.

A proposta terá ainda de passar pelo plenário da Câmara e pelo Senado.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247