Ceará tem a melhor situação fiscal do País, diz Firjan

Estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), divulgado neste mês de abril, mostra o ranking dos 27 estados brasileiros, considerando gastos com pessoal, endividamento, liquidez e investimentos. O Ceará foi apontado como a unidade federativa com a melhor situação fiscal do País. O maior destaque foi para o volume de investimentos feito pelo Estado em 2016. O Ceará investiu o equivalente a 11,1% da receita corrente líquida (RCL), ficando em primeiro lugar no Brasil

Estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), divulgado neste mês de abril, mostra o ranking dos 27 estados brasileiros, considerando gastos com pessoal, endividamento, liquidez e investimentos. O Ceará foi apontado como a unidade federativa com a melhor situação fiscal do País. O maior destaque foi para o volume de investimentos feito pelo Estado em 2016. O Ceará investiu o equivalente a 11,1% da receita corrente líquida (RCL), ficando em primeiro lugar no Brasil
Estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), divulgado neste mês de abril, mostra o ranking dos 27 estados brasileiros, considerando gastos com pessoal, endividamento, liquidez e investimentos. O Ceará foi apontado como a unidade federativa com a melhor situação fiscal do País. O maior destaque foi para o volume de investimentos feito pelo Estado em 2016. O Ceará investiu o equivalente a 11,1% da receita corrente líquida (RCL), ficando em primeiro lugar no Brasil (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O Ceará é o estado com melhor situação fiscal do Brasil. O dado, divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) na publicação sobre conjuntura econômica deste mês de abril, também mostra que o Estado é, proporcionalmente, o que mais investe no País. "Nesse estudo, a Firjan identificou que o estado com maior rigor fiscal, com maior equilíbrio financeiro entre as 27 unidades da Federação é o Ceará. Isso porque o Estado vem tomando duas medidas que são fundamentais: assegurar um controle rigoroso das despesas públicas e aumentar a receita, mesmo em uma situação de dificuldade. Quando a receita cresce e a despesa fica sob controle, vêm os investimentos. E o Ceará vem ampliando suas atividades em diversas áreas, como saúde, educação e segurança", explicou o secretário da Fazenda, Mauro Filho. 

Para analisar a situação dos 27 estados, o estudo da Firjan considerou o nível de endividamento, o gasto com pessoal - que inclui gasto com previdência -, a disponibilidade de caixa (liquidez) e os investimentos públicos no ano passado. E o Ceará registrou resultados positivos em todos os critérios. 

O maior destaque foi para o volume de investimentos feito pelo Estado em 2016. O Ceará investiu o equivalente a 11,1% da receita corrente líquida (RCL), ficando em primeiro lugar no Brasil. "Considerando o conjunto de indicadores gerais, estamos na melhor situação fiscal do Brasil. Além disso, o Ceará é o melhor do País em Investimentos", afirmou o secretário da Casa Civil, Nelson Martins.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247