César lança 'Operação Rodovida' na Bahia

Ação foi realizada no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) situado no quilômetro 604 da rodovia BR-324, em Simões Filho (BA); "O governo federal tem carinho especial por essa operação devido aos resultados obtidos", disse o ministro dos Transportes, César Borges

Ação foi realizada no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) situado no quilômetro 604 da rodovia BR-324, em Simões Filho (BA); "O governo federal tem carinho especial por essa operação devido aos resultados obtidos", disse o ministro dos Transportes, César Borges
Ação foi realizada no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) situado no quilômetro 604 da rodovia BR-324, em Simões Filho (BA); "O governo federal tem carinho especial por essa operação devido aos resultados obtidos", disse o ministro dos Transportes, César Borges (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O ministro dos Transportes, César Borges, lançou neste sábado (21) a 'Operação Rodovida 2013/2014' na Bahia. Ação foi realizada no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) situado no quilômetro 604 da rodovia BR-324, em Simões Filho (BA).

Acompanhado do superintendente da PRF na Bahia, inspetor George Paim, e do superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no estado, Amauri Sousa Lima, o ministro destacou o resultado da ação nos anos anteriores. "O governo federal tem carinho especial por essa operação devido aos resultados obtidos".

Desde o início da Operação, em 2010, os números de mortes diminuíram, considerando também o aumento da frota de veículos no Brasil. A taxa de mortes no primeiro ano da operação, no período 2010/2011, foi de 13,5 para cada grupo de um milhão de veículos.

Já em 2011/2012, essa taxa foi de 10,6 na mesma proporção comparativa. Na edição seguinte, a taxa atingiu 10,2 mortes para o mesmo grupo de veículos. Na série histórica, a redução é de 24,5%, mesmo com a frota saltando de 64,8 milhões de veículos, em 2010, para 81,7 milhões em 2013.

Entre os esforços que estão sendo empregados pelo Ministério dos Transportes, César Borges ressaltou os investimentos em busca da qualidade das rodovias federais brasileiras.

"O Ministério está investindo em ações de duplicação e melhorias no pavimento das estradas, seja por obras públicas ou concessões. Além disso, também estamos investindo na instalação de redutores e de barreiras eletrônicas de controle de velocidade, para coibir os excessos".

Atualmente 1.745 equipamentos eletrônicos de controle de velocidade operam em todo o país por meio do Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade (PNCV), sendo 821 barreiras eletrônicas, 789 radares fixos e 135 controladores de avanço de sinal. A previsão do DNIT é de que até o final de 2014 cerca de três mil equipamentos estejam em operação em toda a malha rodoviária federal sob sua jurisdição.

A Operação Rodoida é uma iniciativa do governo federal realizada de forma integrada entre os Ministérios da Justiça, dos Transportes, da Saúde e das Cidades com estados e municípios para intensificar a fiscalização e reduzir os acidentes de trânsito no Brasil no período de final de ano, férias e Carnaval.

Ela se baseia em um diagnóstico feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) que detectou os 100 trechos mais perigosos das rodovias federais no país. Nesta edição, a operação será realizada de 19 de dezembro de 2013 a 31 de janeiro de 2014 e de 21 de fevereiro a 9 de março de 2014, em todo o Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247