César promete R$ 1,5 bilhão para logística na Bahia

Entre as grandes obras está a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), que deverá ser o principal vetor de escoamento da produção do estado; vale lembrar, conforme já alertou a própria Valec, a Fiol só terá viabilidade com o funcionamento do Porto Sul, cujas obras se arrastam e não têm previsão concreta de conclusão; tal qual vários outros grandes projetos, o governador Jaques Wagner afirma que o porto estará pronto em 2014, ano da sua sucessão

César promete R$ 1,5 bilhão para logística na Bahia
César promete R$ 1,5 bilhão para logística na Bahia

Bahia 247

O ministro dos Transportes, César Borges, ser reuniu nesta terça-feira (2) com o governador Jaques Wagner (PT) e com representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), da Valec e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para discutir a "retomada" das obras de logística que devem impulsionar o escoamento da produção da Bahia.

Entre as obras discutidas na reunião estão a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), a Ferrovia de Camaçari (ligação ferroviária do Polo Petroquímico ao Porto de Aratu), a Hidrovia do São Francisco e a manutenção e construção de rodovias federais.

De acordo com o ministro César Borges, a primeira etapa da Fiol (Ilhéus/Caetité) vai ser concluída no próximo ano. Para a Hidrovia do São Francisco estão previstos investimentos de R$ 28,7 milhões. Já para as rodovias federais que cortam o estado, a previsão é de R$ 1,5 bilhão.

Vale lembrar, conforme já alertou a própria Valec, a Fiol só terá viabilidade com o funcionamento do Porto Sul, cujas obras se arrastam e não têm previsão concreta de conclusão. Tal qual vários outros grandes projetos de infraestrutura, Wagner afirma que o porto estará pronto em 2014, o ano da sua sucessão.

Porto Sul não foi abordado na reunião de hoje. Pelo menos se foi, a assessoria do governador não informou. Evento não teve participação da imprensa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247