Chefe de gabinete do presidente do TRF4 faz campanha contra Lula

Depois de o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), ter feito declarações públicas defendendo a sentença do juiz Sergio Moro contra Lula como "irretocável" e "tecnicamente irrepreensível", mesmo sem ter lido a peça, foi a vez da chefe de gabinete do ministro, Daniela Tagliari Kreling Lau, defender a prisão do ex-presidente nas redes sociais; "O golpe continua em todas as frentes. Resistir é preciso!", protestou o deputado Pepe Vargas (PT-RS), que fez a denúncia

Depois de o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), ter feito declarações públicas defendendo a sentença do juiz Sergio Moro contra Lula como "irretocável" e "tecnicamente irrepreensível", mesmo sem ter lido a peça, foi a vez da chefe de gabinete do ministro, Daniela Tagliari Kreling Lau, defender a prisão do ex-presidente nas redes sociais; "O golpe continua em todas as frentes. Resistir é preciso!", protestou o deputado Pepe Vargas (PT-RS), que fez a denúncia
Depois de o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), ter feito declarações públicas defendendo a sentença do juiz Sergio Moro contra Lula como "irretocável" e "tecnicamente irrepreensível", mesmo sem ter lido a peça, foi a vez da chefe de gabinete do ministro, Daniela Tagliari Kreling Lau, defender a prisão do ex-presidente nas redes sociais; "O golpe continua em todas as frentes. Resistir é preciso!", protestou o deputado Pepe Vargas (PT-RS), que fez a denúncia (Foto: Gisele Federicce)

Rio Grande do Sul 247 - A chefe de gabinete do desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), foi às redes sociais defender a prisão do ex-presidente Lula.

A denúncia foi feita pelo deputado Pepe Vargas (PT), que também é do Rio Grande do Sul, onde fica o tribunal. O parlamentar publicou a postagem de Daniela Tagliari Kreling Lau no Facebook e uma imagem do Diário Oficial de sua nomeação para o cargo, em junho de 2017.

"DENÚNCIA GRAVE! Não bastasse a declaração do presidente do TRF-4, que mesmo confessando não ter lido a sentença de Moro disse que a peça era "perfeita", agora a sua chefe de gabinete faz campanha para pedir a condenação de Lula, publicamente e sem cerimônias. O golpe continua em todas as frentes. Resistir é preciso!", postou o deputado.

Thompson Flores já fez declarações polêmicas publicamente sobre o caso que ele próprio julgará, o processo do triplex do Guarujá. Mesmo antes de ler a sentença do juiz Sergio Moro contra Lula, o desembargador disse que a considerava "irretocável" e "tecnicamente irrepreensível".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247