Chico Lopes: "Comprando votos, Temer venceu uma batalha, mas segue sem estabilidade"

Na avaliação do deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) apesar de ter conseguido a maioria dos votos para arquivar o pedido de investigação contra ele, "comprando votos por meio de cargos e emendas", Michel Temer vai seguir no governo sem nenhuma estabilidade. O deputado destaca ainda que "só com uma eleição direta as pessoas vão voltar a ter alguma esperança em um governo"  

Na avaliação do deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) apesar de ter conseguido a maioria dos votos para arquivar o pedido de investigação contra ele, "comprando votos por meio de cargos e emendas", Michel Temer vai seguir no governo sem nenhuma estabilidade. O deputado destaca ainda que "só com uma eleição direta as pessoas vão voltar a ter alguma esperança em um governo"
 
Na avaliação do deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) apesar de ter conseguido a maioria dos votos para arquivar o pedido de investigação contra ele, "comprando votos por meio de cargos e emendas", Michel Temer vai seguir no governo sem nenhuma estabilidade. O deputado destaca ainda que "só com uma eleição direta as pessoas vão voltar a ter alguma esperança em um governo"   (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - "Comprando votos por meio de cargos e emendas, o presidente ilegítimo e golpista Michel Temer venceu uma batalha, mas não a guerra. Ao contrário do que disseram seus defensores, vai seguir sem nenhuma estabilidade". A avaliação é do deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE), após a votação ontem (2), na Câmara Federal, em que 263 deputados negaram a autorização para que o peemedebista fosse investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Para o deputado federal cearense, a vitória na batalha desta quarta-feira está longe de tranquilizar Temer quanto aos próximos capítulos da história. O ainda presidente seguirá enfrentando um cenário muito distante da "estabilidade" que foi utilizada como argumento por muitos deputados que votaram pelo arquivamento da denúncia.

Chico Lopes avalia ainda que Temer seguirá sendo rejeitado pela opinião pública, com recorde de impopularidade, devido à conspiração contra Dilma e contra a população, com ataques contra a educação, a saúde, os direitos previdenciários e trabalhistas. "O povo está cansado de tudo isso, está consciente do que acontece neste momento e rejeita Temer, assim como rejeita as reformas, que são na verdade retirada de direitos. O povo quer Temer fora, quer mudanças e Diretas Já", ressalta Chico Lopes. 

Também na avaliação de Chico Lopes, só com eleições diretas vai ser possível ter um governo em que a população tenha alguma esperança. "Vamos seguir na luta com o povo brasileiro, com as forças progressistas, contra as reformas, contra a retirada de direitos, contra Temer e pelas Diretas Já. Só com uma eleição direta as pessoas vão voltar a ter alguma esperança em um governo".

Para o deputado, a Câmara Federal demonstrou mais uma vez que está muito distante da realidade e do pensamento do povo brasileiro, correndo sério risco de contribuir para que a crise política se agrave mais ainda. "Essa coisa vai ter uma hora que vai estourar. As pessoas não vão aceitar isso caladas para sempre. Não se pode conceber um Congresso que deveria representar o povo brasileiro, mas se comporta como se não tivesse que prestar contas a ninguém. Vota em peso contra a posição que o povo externou em todas as pesquisas, que era contra Temer e a favor da investigação", aponta Chico Lopes.

"É muito provável que a Procuradoria Geral da República apresente novas denúncias, porque matéria-prima tem de sobra contra Temer. E fica claro que ele, que se diz presidente, conseguiu liberar emendas e cargos pra escapar da votação de hoje, mas não tem nenhuma garantia nem de escapar das próximas, nem de ter votos pra aprovar a reforma da Previdência, que é o que ele tanto quer", complementa Chico Lopes.


 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247