Chico Lopes: privatizações favorecem apenas o grande capital

“As privatizações, além de desnecessárias, favoreceriam apenas o grande capital financeiro nacional e internacional”, avaliou o deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) em audiência pública, na Câmara dos Deputados, sobre os prejuízos e riscos ao Estado que as medidas anunciadas pelo governo Michel Temer podem causar. O parlamentar acredita que, caso as empresas sejam vendidas, não haverá melhora de serviços nem será resolvido o problema de caixa do Governo, que “na verdade, ampliou o déficit, gastando sem critério e agradando todo mundo que precisava ser agradado, para abafar a denúncia contra o Temer" 

“As privatizações, além de desnecessárias, favoreceriam apenas o grande capital financeiro nacional e internacional”, avaliou o deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) em audiência pública, na Câmara dos Deputados, sobre os prejuízos e riscos ao Estado que as medidas anunciadas pelo governo Michel Temer podem causar. O parlamentar acredita que, caso as empresas sejam vendidas, não haverá melhora de serviços nem será resolvido o problema de caixa do Governo, que “na verdade, ampliou o déficit, gastando sem critério e agradando todo mundo que precisava ser agradado, para abafar a denúncia contra o Temer" 
“As privatizações, além de desnecessárias, favoreceriam apenas o grande capital financeiro nacional e internacional”, avaliou o deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) em audiência pública, na Câmara dos Deputados, sobre os prejuízos e riscos ao Estado que as medidas anunciadas pelo governo Michel Temer podem causar. O parlamentar acredita que, caso as empresas sejam vendidas, não haverá melhora de serviços nem será resolvido o problema de caixa do Governo, que “na verdade, ampliou o déficit, gastando sem critério e agradando todo mundo que precisava ser agradado, para abafar a denúncia contra o Temer"  (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - As dezenas de privatizações anunciadas pelo governo Temer, incluindo empresas como a Eletrobras e instituições como a Casa da Moeda, causarão, se confirmadas, grandes prejuízos e riscos ao Estado e à população brasileira. Foi o que destacaram, na última quarta-feira (13), parlamentares, trabalhadores, lideranças sindicais e outros representantes de diversas categorias, que lotaram o Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, para audiência na Comissão de Legislação Participativa.

"Ficou muito claro, nas diversas falas, com muito embasamento técnico, que as privatizações, além de desnecessárias, favoreceriam apenas o grande capital financeiro nacional e internacional, causando graves prejuízos ao Governo Federal e ao povo. O Brasil não pode ser colocado à venda", destacou o deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE), que presidiu a audiência, como integrante da Comissão de Legislação Participativa.

"O pior é ter que ouvir como argumento que a venda das empresas públicas, do Estado brasileiro, de instituições responsáveis por serviços dos quais o cidadão comum depende todos os dias, principalmente as pessoas mais pobres, seria feita para supostamente equilibrar as contas do governo", acrescentou Chico Lopes.

"Ora, nem uma coisa, nem outra. Nem os serviços vão melhorar, nem vai ser resolvido o problema de caixa do governo, que prometia uma coisa e fez outra: na verdade, ampliou o déficit, gastando sem critério e agradando todo mundo que precisava ser agradado, para abafar a denúncia contra o Temer".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247