Chuvas fazem 15 municípios decretar calamidade e tiram 30 mil de suas casas

Durante uma visita relâmpago a Pernambuco, Michel Temer prometeu agilizar a liberação de recursos federais para a conclusão de obras na Zona da Mata Sul, afetada duramente pelas fortes chuvas dos últimos dias que deixaram mais de 30 mil pessoas desalojadas ou desabrigadas e 15 cidades em estado de calamidade; Temer acertou com o governador Paulo Câmara (PSB) que parte dos R$ 600 milhões de um empréstimo negociado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) seja empregado na contenção de enchentes

Chuvas alagam e causam destruição em municípios da Zona da Mata Sul de Pernambuco
Chuvas alagam e causam destruição em municípios da Zona da Mata Sul de Pernambuco (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - Durante uma visita relâmpago a Pernambuco, Michel Temer prometeu agilizar a liberação de recursos federais para a conclusão de obras na Zona da Mata Sul, afetada duramente pelas fortes chuvas dos últimos dias que deixaram mais de 30 mil pessoas desalojadas ou desabrigadas e 15 cidades em estado de calamidade. Temer acertou com o governador Paulo Câmara (PSB) que parte dos R$ 600 milhões de um empréstimo negociado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) seja empregado na contenção de enchentes.

Em decorrência da situação, o governo anunciou a instalação de um hospital de campanha do exército. O hospital de campanha deverá ser instalado em Barreiros, município onde o hospital local foi destruído pelas chuvas. Também foram cedidos homens das forças armadas e dois helicópteros para atuação no socorro às vítimas das inundações. O Governo do Estado deverá elaborar um relatório listando as ações emergenciais que serão necessários por parte do Governo Federal.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247