Ciro pede desistência de Lula e diz que País não pode ser refém de chicanas

Embora tenha dito que a condenação do ex-presidente Lula não é "boa para o país", o pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou que o PT mantém o país "refém de um conjunto de 'chicanas' e recursos judiciais", por ter mantido a candidatura de Lula após a condenação em segunda instância; "O seu papel (de Lula) não é mais de repartir a sociedade brasileira, por mais involuntariamente que ele faça, mas do alto de sua autoridade moral, unir a sociedade brasileira", disse; para ele, "a natureza do PT, assim como a do escorpião, é afundar sozinho"; com as declarações, Ciro pode ter queimado as pontes

Embora tenha dito que a condenação do ex-presidente Lula não é "boa para o país", o pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou que o PT mantém o país "refém de um conjunto de 'chicanas' e recursos judiciais", por ter mantido a candidatura de Lula após a condenação em segunda instância; "O seu papel (de Lula) não é mais de repartir a sociedade brasileira, por mais involuntariamente que ele faça, mas do alto de sua autoridade moral, unir a sociedade brasileira", disse; para ele, "a natureza do PT, assim como a do escorpião, é afundar sozinho"; com as declarações, Ciro pode ter queimado as pontes
Embora tenha dito que a condenação do ex-presidente Lula não é "boa para o país", o pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou que o PT mantém o país "refém de um conjunto de 'chicanas' e recursos judiciais", por ter mantido a candidatura de Lula após a condenação em segunda instância; "O seu papel (de Lula) não é mais de repartir a sociedade brasileira, por mais involuntariamente que ele faça, mas do alto de sua autoridade moral, unir a sociedade brasileira", disse; para ele, "a natureza do PT, assim como a do escorpião, é afundar sozinho"; com as declarações, Ciro pode ter queimado as pontes (Foto: Gisele Federicce)

247 - O pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou que a condenação do ex-presidente Lula não é "boa para o país", mas criticou a estratégia do PT após a condenação em segunda instância, de manter a candidatura.

Para ele, o PT mantém o país "refém de um conjunto de 'chicanas' e recursos judiciais". Em sua avaliação, "a natureza do PT, assim como a do escorpião, é afundar sozinho". As declarações foram feitas durante um evento organizado pela Folha de S.Paulo nesta terça-feira 20.

"O seu papel (de Lula) não é mais de repartir a sociedade brasileira, por mais involuntariamente que ele faça, mas do alto de sua autoridade moral, unir a sociedade brasileira", disse.

Ciro afirmou ainda que está buscando formar uma aliança com PSB e PCdoB e que, embora não descarte um apoio do PT, não acredita em uma aliança com o partido de Lula.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247