Com 183 mil casos, Goiás segue campeão da dengue

Nesta sexta-feira foi divulgado o novo boletim de monitoramento dos casos de dengue em Goiás; até o momento, 183.722 pessoas foram notificadas com a doença, o que representa um aumento de 54,92% dos casos, em comparação ao mesmo período do ano passado; desse total, 76 pessoas morreram em decorrência de complicações com a doença e outros 52 óbitos estão sendo investigados

dengue
dengue (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Nesta sexta-feira foi divulgado o novo boletim de monitoramento dos casos de dengue em Goiás, que reúne informações sobre a evolução da doença nas 48 semanas do ano.

Até o momento, 183.722 pessoas foram notificadas com a doença, o que representa um aumento de 54,92% dos casos, em comparação ao mesmo período do ano passado. Desse total, 76 pessoas morreram em decorrência de complicações com a doença e outros 52 óbitos estão sendo investigados. Segundo a gerente de vigilância epidemiológica, Magna Maria de Carvalho “Goiás registra o maior número de casos de todos os tempos”.

A capital goiana segue encabeçando o ranking dos municípios com maior incidência da doença (78.040), seguida por Aparecida de Goiânia (16.259), Anápolis (10.862), Jataí (4.991) e Rio Verde (4.124).

Nesta semana, o governo de Goiás decretou estado de emergência na saúde pública, devido ao alerta da proliferação do Zica vírus em território nacional. A gerente explica que essa medida facilita a agilidade na contratação de pessoas, ou na aquisição de equipamentos necessários para combater o mosquito transmissor, Aedes Aegypt. Ela também adiantou que conta com apoio de órgãos da Defesa Civil, como Bombeiros, que a partir da próxima semana vão reforçar o trabalho já realizado pelos agentes de saúde, no combate aos focos do mosquito.

Além disso, a secretaria acaba de instalar uma sala de monitoramento em tempo real das notificações feitas sobre Dengue, Zica Vírus, Chikungunya, entre outras. Magna menciona as cidades de Aruanã e Morrinhos como exemplos na redução dos casos de dengue. “Quando há o envolvimento do poder público, responsável pela limpeza da cidade e orientação da população, junto aos moradores, é possível ver a evolução com a redução dos casos”, comemorou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email