Comandante da PMMG fala sobre planejamento para os próximos anos

O comandante terminou deixando um recado aos mineiros: "A Polícia Militar está presente em todas as cidades de Minas Gerais. Batalhamos para que o crime não aconteça e, quando isso não é possível, queremos dar a pronta resposta ao cidadão. Só se faz prevenção e coerção com informação. Por isso nossa gestão democrática quer multiplicar as ideias de sucesso em cada canto do estado. Estamos ouvindo ainda mais os policiais e a sociedade. Acreditamos que a segurança é esse conjunto: policial valorizado, comunidade ativa e comando democrático. A preocupação do mineiro é a nossa, somos todos Minas Gerais", finalizou

O comandante terminou deixando um recado aos mineiros: "A Polícia Militar está presente em todas as cidades de Minas Gerais. Batalhamos para que o crime não aconteça e, quando isso não é possível, queremos dar a pronta resposta ao cidadão. Só se faz prevenção e coerção com informação. Por isso nossa gestão democrática quer multiplicar as ideias de sucesso em cada canto do estado. Estamos ouvindo ainda mais os policiais e a sociedade. Acreditamos que a segurança é esse conjunto: policial valorizado, comunidade ativa e comando democrático. A preocupação do mineiro é a nossa, somos todos Minas Gerais", finalizou
O comandante terminou deixando um recado aos mineiros: "A Polícia Militar está presente em todas as cidades de Minas Gerais. Batalhamos para que o crime não aconteça e, quando isso não é possível, queremos dar a pronta resposta ao cidadão. Só se faz prevenção e coerção com informação. Por isso nossa gestão democrática quer multiplicar as ideias de sucesso em cada canto do estado. Estamos ouvindo ainda mais os policiais e a sociedade. Acreditamos que a segurança é esse conjunto: policial valorizado, comunidade ativa e comando democrático. A preocupação do mineiro é a nossa, somos todos Minas Gerais", finalizou (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pautando Minas - Em entrevista para Agência Minas, o coronel Marco Antônio Bicalho, Chefe do Estado-maior, falou sobre o plenajamento da Polícia Militar para os próximos anos. Ele falou que quer uma "polícia mais valorizada":

"Para os próximos anos vislumbramos uma polícia mais valorizada, com maior proximidade com a comunidade, que estimule a participação social e que otimize os seus serviços através da tecnologia. E essa visão já está sendo colocada em prática por meio de ações como concursos de recrutamento e seleção, reformas das estruturas físicas, adoção de modelos de gestão com a participação comunitária fomentada através da comunicação, especialmente das mídias sociais existentes", comentou ele.

Ele ainda disse que o atual governador, Fernando Pimentel (PT), tem feito o que é preciso para ajudar a PM: "O atual Governo tem feito o que precisa ser feito. Iniciou com a elaboração das Diretrizes Gerais de Comando o Programa de Ações para a formulação do Plano Estratégico 2016/2019. Aguardamos recursos para retomada de obras no 33ºBPM, em Betim; 35ºBPM, em Santa Luzia; 59ª Cia do 8º BPM, na cidade de Oliveira; e a parte elétrica da Academia de Polícia Militar", contou Marco Antônio, que continuou:

"Ampliamos e atualizamos na tecnologia digital um total de 220 câmeras do Olho Vivo nas cidades de Uberlândia, Uberaba, Ituiutaba e Contagem. O programa agora está presente em 25 municípios de Minas Gerais. O Centro de Registro de Ocorrência Policial (CROP) criado na cidade de Juiz de Fora com a finalidade de facilitar o acesso da comunidade aos serviços da PM, está sendo ampliado. Esse é um exemplo de que, para o atual comando da PM a iniciativa que dê certo deve ser multiplicada e potencializada. O CROP já possui duas unidades em BH, uma Ituiutaba e projetos de implementação em outras cidades. Ações de Polícia Comunitária, a exemplo de reuniões periódicas com moradores das áreas mais críticas e a visita tranquilizadora a familiares ou vítimas de crimes violentos são estimuladas e apoiadas pelo Comando da PMMG, bem com registradas em nosso sistema, permitindo uma melhor coordenação e controle", disse. 

Marco Antônio divulgou, também, que o governo autorizou adquirir mais 22 viaturas: "Foi autorizada pelo Governo a compra de 22 viaturas para o serviço operacional, em substituição às com mais de seis anos de vida útil (média de idade da frota da PMMG). Outra ação voltada para esse recurso foi a disponibilização de verba para locação de 2.000 viaturas, que atualmente se encontra em fase de licitação e com implementação prevista para o ano de 2016."

O comandante terminou deixando um recado aos mineiros: "A Polícia Militar está presente em todas as cidades de Minas Gerais. Batalhamos para que o crime não aconteça e, quando isso não é possível, queremos dar a pronta resposta ao cidadão. Só se faz prevenção e coerção com informação. Por isso nossa gestão democrática quer multiplicar as ideias de sucesso em cada canto do estado. Estamos ouvindo ainda mais os policiais e a sociedade. Acreditamos que a segurança é esse conjunto: policial valorizado, comunidade ativa e comando democrático. A preocupação do mineiro é a nossa, somos todos Minas Gerais", finalizou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247