"Comparar Marina a Jânio e Collor é bobagem do PT"

Candidata do PSB ao governo do Estado, Lídice da Mata, criticou o PT por tentar comparar sua correligionária Marina Silva, que disputa a presidência da república, com os ex-presidentes Fernando Collor e Jânio Quadros; "Essa história é uma bobagem total e, como a mentira, tem pernas curtas. Não consegue alcançar nem o raciocínio nem a emoção do cidadão", afirmou a senadora; Lídice lembrou que Marina foi uma das fundadoras do PT, "o que desqualifica a tentativa petista" de compará-la aos dois ex-presidentes

Candidata do PSB ao governo do Estado, Lídice da Mata, criticou o PT por tentar comparar sua correligionária Marina Silva, que disputa a presidência da república, com os ex-presidentes Fernando Collor e Jânio Quadros; "Essa história é uma bobagem total e, como a mentira, tem pernas curtas. Não consegue alcançar nem o raciocínio nem a emoção do cidadão", afirmou a senadora; Lídice lembrou que Marina foi uma das fundadoras do PT, "o que desqualifica a tentativa petista" de compará-la aos dois ex-presidentes
Candidata do PSB ao governo do Estado, Lídice da Mata, criticou o PT por tentar comparar sua correligionária Marina Silva, que disputa a presidência da república, com os ex-presidentes Fernando Collor e Jânio Quadros; "Essa história é uma bobagem total e, como a mentira, tem pernas curtas. Não consegue alcançar nem o raciocínio nem a emoção do cidadão", afirmou a senadora; Lídice lembrou que Marina foi uma das fundadoras do PT, "o que desqualifica a tentativa petista" de compará-la aos dois ex-presidentes (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - A candidata do PSB ao governo do Estado, Lídice da Mata, criticou o PT por tentar comparar sua correligionária Marina Silva, que disputa a presidência da república, com os ex-presidentes Fernando Collor e Jânio Quadros. "Essa história é uma bobagem total e, como a mentira, tem pernas curtas. Não consegue alcançar nem o raciocínio nem a emoção do cidadão", afirmou a senadora.

Lídice lembrou em entrevista à rádio Ipirá FM que Marina foi uma das fundadoras do PT, "o que desqualifica a tentativa petista" de compará-la aos dois ex-presidentes, um que renunciou ao cargo (Jânio) e outro cassado pelo Congresso mediante processo de impeachment (Collor).

"O PT esquece que Marina foi fundadora e uma brava militante do partido no passado. Como é que esse mesmo partido, que a elogiava por sua trajetória heroica, agora quer transformá-la em uma reacionária ou em uma aventureira?", questiona a socialista.

Lídice afirmou que sua candidatura representa, juntamente com a de Marina Silva e a de Eliana Calmon, que concorre ao Senado, "a verdadeira" mudança.

"Junto com Marina e Eliana, estamos buscando a renovação da política baiana. Aqui na Bahia, não queremos nem a volta ao passado, representada pelo candidato do DEM, nem o presente, com a continuidade d governo do PT. Nós representamos a possibilidade de uma nova política e de um novo caminho para a Bahia".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247