Concorrência pode fazer com que Corinthians desista de Dudu

Atrás de um atacante de velocidade para a disputa da Libertadores, a diretoria do clube paulista estuda nomes como os de Edigar Junio, do Joinville, e Joel, do Coritiba. No elenco atual, o próximo técnico do Timão terá de escolher um parceiro para Guerrero no ataque

Atrás de um atacante de velocidade para a disputa da Libertadores, a diretoria do clube paulista estuda nomes como os de Edigar Junio, do Joinville, e Joel, do Coritiba. No elenco atual, o próximo técnico do Timão terá de escolher um parceiro para Guerrero no ataque
Atrás de um atacante de velocidade para a disputa da Libertadores, a diretoria do clube paulista estuda nomes como os de Edigar Junio, do Joinville, e Joel, do Coritiba. No elenco atual, o próximo técnico do Timão terá de escolher um parceiro para Guerrero no ataque (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Caio Queiroga, do  Futnet

A boa temporada do atacante Dudu vestindo a camisa do Grêmio fez com que o jogador atraísse o interesse dos principais clubes brasileiros. Dentre eles, um parece já estar fora do páreo. O pedido de 5 milhões de euros (R$ 16 milhões) do Dínamo de Kiev, detentor dos direitos do jogador, não agradou ao Corinthians, que busca novas alternativas.

Atrás de um atacante de velocidade para a disputa da Libertadores, a diretoria do clube paulista estuda nomes como os de Edigar Junio, do Joinville, e Joel, do Coritiba. No elenco atual, o próximo técnico do Timão terá de escolher um parceiro para Guerrero no ataque. Ángel Romero e Luciano são as opções, já que Malcom está de saída para o futebol europeu.

Ronaldo Ximenes, diretor de futebol do Corinthians, disse, em entrevista à 'Rádio ESPN' que o investimento para a próxima temporada será razoável. "Desde a metade desse ano, começou o planejamento para 2015. O planejamento está pronto, falta apenas ser executado. O Corinthians pretende fazer investimento razoável, e investirá aquilo que for possível para manter o time competitivo, que possa brigar por títulos".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247