Confiança inicia campanha de combate à violência contra a mulher

Sergipe ocupa o 18º lugar no ranking de violência contra a mulher e só em 2015 foram registrados 3065 casos; o tema faz parte do cotidiano da sociedade local e diversas campanhas são desenvolvidas visando à conscientização e a importância de denunciar o agressor; porém, ao invés de diminuir, o número só cresce; nesta quarta (16), o Confiança entra na briga para mudar essa realidade; na partida contra o Flamengo, válida pela Copa do Brasil, o clube sergipano lança uma campanha visando à violência contra a mulher; jogadores, torcedores e imprensa serão envolvidos em um ato que chama atenção para histórias verídicas, números alarmantes e para atual realidade

Sergipe ocupa o 18º lugar no ranking de violência contra a mulher e só em 2015 foram registrados 3065 casos; o tema faz parte do cotidiano da sociedade local e diversas campanhas são desenvolvidas visando à conscientização e a importância de denunciar o agressor; porém, ao invés de diminuir, o número só cresce; nesta quarta (16), o Confiança entra na briga para mudar essa realidade; na partida contra o Flamengo, válida pela Copa do Brasil, o clube sergipano lança uma campanha visando à violência contra a mulher; jogadores, torcedores e imprensa serão envolvidos em um ato que chama atenção para histórias verídicas, números alarmantes e para atual realidade
Sergipe ocupa o 18º lugar no ranking de violência contra a mulher e só em 2015 foram registrados 3065 casos; o tema faz parte do cotidiano da sociedade local e diversas campanhas são desenvolvidas visando à conscientização e a importância de denunciar o agressor; porém, ao invés de diminuir, o número só cresce; nesta quarta (16), o Confiança entra na briga para mudar essa realidade; na partida contra o Flamengo, válida pela Copa do Brasil, o clube sergipano lança uma campanha visando à violência contra a mulher; jogadores, torcedores e imprensa serão envolvidos em um ato que chama atenção para histórias verídicas, números alarmantes e para atual realidade (Foto: Valter Lima)

247 - Sergipe ocupa o 18º lugar no ranking de violência contra a mulher e só em 2015 foram registrados 3065 casos. O tema faz parte do cotidiano da sociedade local e diversas campanhas são desenvolvidas visando à conscientização e a importância de denunciar o agressor. Porém, ao invés de diminuir, o número só cresce.

Nesta quarta-feira, 16, o Confiança entra na briga para mudar essa realidade. Na partida contra o Flamengo, válida pela Copa do Brasil, o clube sergipano lança uma campanha visando à violência contra a mulher. Jogadores, torcedores e imprensa serão envolvidos em um ato que chama atenção para histórias verídicas, números alarmantes e para atual realidade.

Os atletas do clube azulino entrarão em campo estampando nas suas camisas nomes de mulheres que foram vítimas de violência ao invés de terem seus nomes escritos. As histórias dessas mulheres estarão expostas no hotsite que leva o nome da campanha: www.naoquebreaconfiança.com.br através dos depoimentos delas. Além disso, ao perfilarem para a execução do hino nacional, os jogadores farão com as mãos o símbolo que representará essa ação. Eles irão segurar o punho com a mão.

O jogo será o primeiro momento de um movimento que promete tomar conta das mídias e levar o público amante do futebol à discussão. O ambiente onde ainda predomina o universo masculino foi o melhor espaço para se debater o tema que invade o cotidiano de milhares de mulheres diariamente.

A partida entre Confiança e Flamengo será realizada no Estádio Lourival Baptista (Batistão) e transmitida por canais de televisões aberta e fechada na quarta, dia 16.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247