Conselho autoriza incentivos fiscais para nova unidade empresarial

O Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes) aprovou a concessão de incentivos fiscais para instalação de mais uma unidade do grupo econômico Tigre; com a segunda unidade a ser instalada em Alagoas, a empresa é uma multinacional brasileira líder nos diversos mercados em que atua, oferecendo produtos que atendem ao mercado predial, de infraestrutura, de irrigação e industrial; benefícios concedidos pelo Governo do Estado fazem parte do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin)

O Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes) aprovou a concessão de incentivos fiscais para instalação de mais uma unidade do grupo econômico Tigre; com a segunda unidade a ser instalada em Alagoas, a empresa é uma multinacional brasileira líder nos diversos mercados em que atua, oferecendo produtos que atendem ao mercado predial, de infraestrutura, de irrigação e industrial; benefícios concedidos pelo Governo do Estado fazem parte do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin)
O Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes) aprovou a concessão de incentivos fiscais para instalação de mais uma unidade do grupo econômico Tigre; com a segunda unidade a ser instalada em Alagoas, a empresa é uma multinacional brasileira líder nos diversos mercados em que atua, oferecendo produtos que atendem ao mercado predial, de infraestrutura, de irrigação e industrial; benefícios concedidos pelo Governo do Estado fazem parte do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin) (Foto: Voney Malta)

Por Andressa Alves/Agência Alagoas - O ambiente de negócios favorável encontrado em Alagoas permanece atraindo novos investimentos. Nesta terça-feira (26), o Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes) aprovou a concessão de incentivos fiscais para instalação de mais uma unidade do grupo econômico Tigre, além de incentivo fiscal e locacional para a empresa Newplast Indústria e Comércio de Embalagens.
Com a segunda unidade a ser instalada em Alagoas, a Tigre é uma multinacional brasileira líder nos diversos mercados em que atua, oferecendo produtos que atendem ao mercado predial, de infraestrutura, de irrigação e industrial. Nessa nova unidade a fábrica irá produzir caixas d'água.

Os benefícios concedidos pelo Governo do Estado fazem parte do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin), que, a partir da modernização, passou a oferecer a redução de 92% no pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na saída dos produtos industrializados.

"A chegada de novos investimentos é uma comprovação do ambiente de negócios favorável encontrado em Alagoas e, como isso, se torna um importante diferencial competitivo para o Estado na atração de novos investimentos. Dessa forma, abrimos portas para a diversificação econômica, que promove a geração de emprego e renda para a população alagoana", ressaltou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.

Além das concessões para a indústria Tigre e Newplast Indústria e Comércio - que atua no segmento de produção de embalagens- , o Conselho aprovou a migração da empresa Giusepe Leoni Indústria e Comércio Ltda. para a nova sistemática do Prodesin, e o incentivo para recuperação da empresa Intercement do Brasil.

Reconhecimento

Os recentes avanços de Alagoas no cenário econômico vêm ganhando proporções nacionais. No último dia 23, a revista Exame publicou um estudo do Centro de Liderança Pública (CLP) que aponta Alagoas como o segundo Estado do Brasil no ranking de maior solidez fiscal, saltando da 23ª posição para o 2º lugar no ranking nacional, atrás apenas do Ceará.

A atual realidade faz parte de um conjunto de ajustes fiscais executados pelo Governo do Estado, que possibilita, dentre outros benefícios, o equilíbrio das finanças e o investimento com recursos próprios em obras estruturantes, essencial para potencializar o desenvolvimento econômico, com a atração de novos investimentos.

Nesse sentido, a Superintendência de Comércio, Indústria e Serviços (Sics) da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) desenvolve um importante trabalho de prospecção de empresas, apresentando os diferenciais competitivos de Alagoas para captação de novos negócios.

Conedes

O Conedes possui uma estrutura de 27 conselheiros das áreas da iniciativa privada, Governo do Estado e sociedade civil, formando um colegiado que tem como objetivo a articulação das ações governamentais voltadas para a ampliação do cenário de desenvolvimento econômico e social de Alagoas.

 

Por Andressa Alves/Agência Alagoas - O ambiente de negócios favorável encontrado em Alagoas permanece atraindo novos investimentos. Nesta terça-feira (26), o Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes) aprovou a concessão de incentivos fiscais para instalação de mais uma unidade do grupo econômico Tigre, além de incentivo fiscal e locacional para a empresa Newplast Indústria e Comércio de Embalagens.

Com a segunda unidade a ser instalada em Alagoas, a Tigre é uma multinacional brasileira líder nos diversos mercados em que atua, oferecendo produtos que atendem ao mercado predial, de infraestrutura, de irrigação e industrial. Nessa nova unidade a fábrica irá produzir caixas d’água.

 

Os benefícios concedidos pelo Governo do Estado fazem parte do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin), que, a partir da modernização, passou a oferecer a redução de 92% no pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na saída dos produtos industrializados.

 

“A chegada de novos investimentos é uma comprovação do ambiente de negócios favorável encontrado em Alagoas e, como isso, se torna um importante diferencial competitivo para o Estado na atração de novos investimentos. Dessa forma, abrimos portas para a diversificação econômica, que promove a geração de emprego e renda para a população alagoana”, ressaltou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.

 

Além das concessões para a indústria Tigre e Newplast Indústria e Comércio - que atua no segmento de produção de embalagens- , o Conselho aprovou a migração da empresa Giusepe Leoni Indústria e Comércio Ltda. para a nova sistemática do Prodesin, e o incentivo para recuperação da empresa Intercement do Brasil.

 

Reconhecimento

 

Os recentes avanços de Alagoas no cenário econômico vêm ganhando proporções nacionais. No último dia 23, a revista Exame publicou um estudo do Centro de Liderança Pública (CLP) que aponta Alagoas como o segundo Estado do Brasil no ranking de maior solidez fiscal, saltando da 23ª posição para o 2º lugar no ranking nacional, atrás apenas do Ceará.

 

A atual realidade faz parte de um conjunto de ajustes fiscais executados pelo Governo do Estado, que possibilita, dentre outros benefícios, o equilíbrio das finanças e o investimento com recursos próprios em obras estruturantes, essencial para potencializar o desenvolvimento econômico, com a atração de novos investimentos.

 

Nesse sentido, a Superintendência de Comércio, Indústria e Serviços (Sics) da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) desenvolve um importante trabalho de prospecção de empresas, apresentando os diferenciais competitivos de Alagoas para captação de novos negócios. 

 

Conedes

 

O Conedes possui uma estrutura de 27 conselheiros das áreas da iniciativa privada, Governo do Estado e sociedade civil, formando um colegiado que tem como objetivo a articulação das ações governamentais voltadas para a ampliação do cenário de desenvolvimento econômico e social de Alagoas.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247