Conselho Estadual discute descentralização ambiental

Licenciamento ambiental municipal é tema da proposta de revogação e apreciação de nova resolução que, com ajustes pontuais na relação de atividades de impacto local, modificam as competências para o licenciamento ambiental; Há também a apreciação da proposta que estabelece que as licenças prévias e de instalação para a atividade de comércio de combustível e lubrificante para veículos automotores ocorram em um único ato; será instituída também a simplificação dos procedimentos para licenciamento das atividades agropecuárias para famílias assentadas da Reforma Agrária

Licenciamento ambiental municipal é tema da proposta de revogação e apreciação de nova resolução que, com ajustes pontuais na relação de atividades de impacto local, modificam as competências para o licenciamento ambiental; Há também a apreciação da proposta que estabelece que as licenças prévias e de instalação para a atividade de comércio de combustível e lubrificante para veículos automotores ocorram em um único ato; será instituída também a simplificação dos procedimentos para licenciamento das atividades agropecuárias para famílias assentadas da Reforma Agrária
Licenciamento ambiental municipal é tema da proposta de revogação e apreciação de nova resolução que, com ajustes pontuais na relação de atividades de impacto local, modificam as competências para o licenciamento ambiental; Há também a apreciação da proposta que estabelece que as licenças prévias e de instalação para a atividade de comércio de combustível e lubrificante para veículos automotores ocorram em um único ato; será instituída também a simplificação dos procedimentos para licenciamento das atividades agropecuárias para famílias assentadas da Reforma Agrária (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O Conselho Estadual do Meio Ambiente (Cemam) se reúne nesta quarta-feira, 21, no auditório Jaime Câmara, no 9º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Em pauta, a apreciação das indicações para composição da Corte de Conciliação de Descentralização conforme disposto na Resolução Nº 24/2013-CEMAm, em seu Art.7º, e a relação dos processos a serem analisados por essa corte. Os conselheiros também vão formar uma Comissão Temporária de Construção do Regimento Interno do CEMAm, conforme disposto no Decreto nº 8.450, de 11 de setembro de 2015.

O licenciamento ambiental municipal é tema da proposta de revogação da Resolução CEMAm Nº 24/2013 e apreciação de nova resolução que disciplina a atividade, com ajustes pontuais na relação de atividades de impacto local e nas circunstâncias que modificam as competências para o licenciamento. Há ainda a apreciação da proposta de Instrução Normativa que estabelece que as licenças prévias e de instalação para a atividade de comércio de combustível e lubrificante para veículos automotores ocorra em um único ato.

Ainda, o Cemam vai instituir a Câmara Técnica Temporária de Biodiversidade e Unidades de Conservação, para análise do Processo: 7139/2014 do INCRA que versa sobre a simplificação dos procedimentos para licenciamento das atividades agropecuárias para famílias assentadas da Reforma Agrária. Outra Câmara Técnica Temporária será criada para tratar de Assuntos Jurídicos e Financeiros, para análise do memorando N°30/2015 da 1ª Instância Julgadora da SECIMA que versa sobre Ilícito Ambiental de Município Descentralizado sujeito a Descredenciamento.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247